MENU

Veja como foi a cerimônia de abertura do Pan de Guadalajara

Veja como foi a cerimônia de abertura do Pan de Guadalajara

Atualizado: Sábado, 15 Outubro de 2011 as 8:12

Do R7

Montagem sobre fotos de Vipcomm e Efe À esquerda, Paola Espinosa, dos saltos ornamentais, acende pira pan-americana. À direita, delegação brasileira desfila

Publicidade A plateia mexicana esqueceu qualquer tipo de animosidade e fez uma festa cordial para as delegações que desfilaram na cerimônia de abertura dos Jogos Pan-Americanos, nesta sexta-feira (14), em Guadalajara. Até a passagem dos norte-americanos foi saudada com entusiasmo pelo público presente ao estádio Omnilife. Ao contrário do que era esperado, não houve vaias para os atletas do país rival.

Para tentar ganhar a simpatia dos presentes, os atletas brasileiros, liderados pelo porta-bandeira Hugo Hoyama, desfilaram carregando uma bandeira mexicana. A estratégia deu resultado e a equipe foi bastante aplaudida. 

A escolhida para acender a pira pan-americana foi Paola Espinosa, medalhista de bronze na plataforma de 10 m dos saltos ornamentais na Olimpíada de 2008 e campeão mundial um ano depois.

Entre as atrações musicais, destacaram-se o cantor Vicente Fernandez, que cantou o hino mexicano vestido de mariachi e  a banda Maná, que se formou em Guadalajara na década de 1980 e ganhou sucesso mundial.

A Rede Record transmite os Jogos Pan Americanos de Guadalajara com exclusividade para a televisão aberta, ao lado da Record News. O R7 tem transmissões ao vivo das competições e uma cobertura completa dos eventos.

A emissora também mostrará a Olimpíada de Londres - 2012 com exclusividade na Tv aberta brasileira , e também pela internet.

A Record ainda detém os direitos de transmissão dos Jogos Pan Americanos de Toronto 2015 e da Olimpíada do Rio de Janeiro -2016.

Veja como foi a cerimônia de abertura:

22h03

Vicente Fernandez, vestido de Mariachi, foi o escolhido para cantar o hino mexicano e dar a largada dos jogos.

22h14

Os mariachis, agora no palco executando canções regionais, fazem parte do folclore mexicano e aparecem em diversas ocasiões sociais, como casamentos e bailes de debutantes.

22h17

A delegação da Argentina é a primeira a desfilar. Como foi o primeiro país a realizar o evento, sempre é o primeiro a desfilar, assim como a Grécia nas Olimpíadas.

22h25

Delegação brasileira inicia seu desfile. O mesatenista Hugo Hoyama, o recordista brasileiro de medalhas de ouro no Pan. 

22h30 

Os atletas da delegação brasileira, ovacionados, se acomodam nas suas respectivas cadeiras para acompanhar a festa. 

22h42

Considerados a maior potência e os favoritos para o quadro de medalhas, os Estados Unidos começam a desfilar. O público reage com entusiasmo, ao contrário do que ocorreu no ensaio, quando houve vaias, dada a relação política entre os dois países não ser das melhores.

22h59

A delegação do México entra no estádio e é aplaudida de pé. Muita festa para os anfitriões.

23h08

O grupo Maná, com 30 anos de estrada, entra no palco e começa sua apresentação. Eles são naturais de Guadalajara e conhecidos no mundo todo.

23h26

Emilio González Márquez, governador de Jalisco, inicia seu discurso exaltando o valor do esporte e o combate às desigualdades sociais.

Confira também Veja fotos do desfile da delegação brasileira Veja fotos da cerimônia de abertura 23h29

O presidente da Organização Desportiva Pan-americana (Odepa), Mario Vazquez Raña, toma a palavra. Ele é um grande empresário mexicano.

23h33

Após uma grande queima de fogos de artifício e uma verdadeira ovação do público, o presidente do México, Felipe Calderón, começa seu discurso de exaltação aos jogos, desejando sorte a todos e abrindo oficialmente o Pan.  

0h12

Após a tocha passar por grandes nomes do esporte mexicano, atuais e do passado, a honra de acender a pira olímpica fica com Paola Espinosa, atleta campeã mundial em 2009 da plataforma de 10m nos saltos ornamentais. No Rio de Janeiro, em 2007, a honraria coube a Joaquim Cruz.

Assista ao desfile da delegação brasileira:

Paola Espinosa, dos saltos ornamentais, acende a pira pan-americana  

veja também