MENU

Vêm à tona outros crimes de pugilista que roubou celular

Vêm à tona outros crimes de pugilista que roubou celular

Atualizado: Sexta-feira, 17 Setembro de 2010 as 8:17

O pugilista Floyd Mayweather Jr. viu sua situação com a Justiça se complicar. Acusado de roubar o celular da ex-mulher no início da semana, o atleta foi denunciado por mais três crimes além de outros delitos.

A queixa-crime apresentada em Nevada aponta acusações de coerção e roubo, além de agressão doméstica e assédio contra Mayweather. Se condenado por todos os crimes, a pena máxima do pugilista poderia chegar a 34 anos.

De acordo com o Los Angeles Times, o lutador teria ido à casa da ex-esposa Josie Harris para visitar os filhos e deixar US$ 200 da “fada dos dentes” para a filha. Uma hora mais tarde, ele teria discutido com a mulher, dizendo que ira fazer ela e o namorado “desaparecerem”.

As acusações de coerção são porque o pugilista teria ameaçado bater nos dois filhos se eles ligassem para a polícia enquanto ele discutia com a ex-mulher. Floyd Mayweather Jr. tem uma audiência marcada para 9 de Novembro no Tribunal de Justiça de Las Vegas.

  Por GLOBOESPORTE.COM Las Vegas, EUA

veja também