MENU

Verdão reformula base e demite coordenador e dois diretores

Verdão reformula base e demite coordenador e dois diretores

Atualizado: Quinta-feira, 17 Fevereiro de 2011 as 4

A transição política do Palmeiras chegou às categorias de base. Menos de um mês depois da eleição do presidente Arnaldo Tirone, o departamento já passa por reformulação e perdeu seus três principais integrantes nesta quarta-feira. Após uma reunião com o vice-presidente Roberto Frizzo, o coordenador Marco Antônio Biasotto e os diretores Francisco Haroldo e Lourival Silvestre deixaram seus cargos. A diretoria confirmou o encontro e a intenção de reestruturar a base palmeirense.

Todos são oriundos da gestão de Luiz Gonzaga Belluzzo, mas a atual diretoria garante que a mudança não teve fins políticos. A ideia seria renovar o departamento e buscar novos caminhos para a revelação de jogadores, questão que tem atenção especial de Arnaldo Tirone. Os novos nomes ainda não foram definidos, mas devem ser anunciados até o início da próxima semana.

Política ou não, a decisão servirá para cortar gastos na base - a atual gestão estima que o dinheiro investido nos últimos dois anos não condiz com o número de jogadores revelados pelo Verdão. Um conselheiro próximo a Frizzo e Tirone, que tem mais intimidade com categorias de base, terá a missão de ajudar na reestruturação e escolha dos novos diretores.

Na reunião, foi dito aos agora ex-dirigentes que era hora de renovar e tentar uma nova linha de trabalho. A prioridade é encontrar profissionais "cabeça fresca" que tragam boas ideias sem comprometer os cofres do Palmeiras.

Hoje, o Verdão conta em seu elenco com sete jogadores que subiram da base há menos de um ano: Fábio, Luis Felipe, Gabriel Silva, Bruno Turco, Jean, Patrik e Vinícius. Sem contar Andrade, que subiu neste mês, e Miguel, integrado ao elenco nesta quarta-feira.    

veja também