MENU

Vettel volta ao Brasil bicampeão e com 12 vitórias a mais

Vettel volta ao Brasil bicampeão e com 12 vitórias a mais

Atualizado: Segunda-feira, 21 Novembro de 2011 as 12:12

Vettel comemora vitória no GP do Brasil (Foto: EFE) Interlagos, uma das pistas mais tradicionais da Fórmula 1, já está na lista dos circuitos onde o alemão Sebastian Vettel venceu corridas na categoria. Mas a conquista do GP do Brasil, no ano passado, não serviu apenas para engrossar as estatísticas deste alemão de 24 anos, que já bateu diversos recordes de precocidade em sua curta carreira. A prova foi, também, um divisor de águas na carreira do piloto, que volta a São Paulo com um currículo bem mais encorpado do que aquele que carregava em sua última passagem pelo Brasil: foram nada menos que 12 vitórias, 15 poles e dois títulos mundiais no período.

Há um ano, a vitória na pista paulistana – a nona em sua carreira – deixou Vettel mais próximo do título, embora não fosse exatamente ele o favorito para levantar a taça na corrida decisiva, disputada uma semana depois em Abu Dhabi. O alemão saiu de Interlagos em terceiro no Mundial, atrás do líder Fernando Alonso, da Ferrari, e de seu companheiro na RBR, o australiano Mark Webber. O que não se imaginava, à época, é que a prova brasileira seria a última vez em que Vettel terminaria uma corrida sem liderar o campeonato. Ao vencer também nos Emirados Árabes, onde ainda marcou a pole position, ele alcançou a ponta da tabela. E, por consequência, garantiu o título da temporada 2010.

Ao iniciar 2011 também no alto do pódio, o piloto começou a série impressionante de poles e vitórias que culminaria na conquista de seu segundo título, alcançado de maneira antecipada a cinco provas do fim do campeonato. Ao longo deste ano, o alemão cruzou a linha de chegada em primeiro lugar nada menos do que 11 vezes. Também largou na frente em 14 oportunidades – número que igualou o domínio do britânico Nigel Mansell em 1992. Em termos de pontos, marcou 374 em 450 disputados.

Somando-se a prova final de 2010, em Abu Dhabi, com a bela campanha nas 18 corridas já realizadas na temporada 2011, Sebastian Vettel retorna ao Brasil depois de faturar 15 poles, vencer 12 corridas, marcar 399 pontos (84% de aproveitamento) e de conquistar dois títulos mundiais. Um retrospecto impressionante, que é superior, inclusive, ao que muitos pilotos conseguem ao longo de toda a carreira na Fórmula 1. O bicampeão se diz animado para a prova que encerra a temporada 2011.

Com a 14ª pole do ano, em Abu Dhabi, Vettel igualou o recorde registrado por Nigel Mansell em 1992 (Foto: AP) - O GP do Brasil será emocionante porque Interlagos é conhecido por seus torcedores apaixonados e a altitude extrema. São Paulo está quase 1.000 metros acima do nível do mar, o que tira um pouco de potência dos motores. As curvas para a esquerda são um desafio para os músculos do pescoço por causa do sentido anti-horário, que é o contrário ao normal na Fórmula 1. Por isso sempre faço um trabalho físico especial antes de chegar. Um dos melhores lugares para se ultrapassar é o S do Senna. É perfeito frear quando você está atrás e conseguir passar. Uma coisa importante é que, se chover, a aquaplanagem pode ser muito forte aqui – alerta Vettel.

Diante do recente crescimento de desempenho de Ferrari e McLaren, resta saber se os rivais deixarão o alemão celebrar seu retorno ao país com mais uma vitória em Interlagos.          

veja também