MENU

Vice-líder dentro de campo, Vasco é apenas o 14° na arquibancada

Vice-líder dentro de campo, Vasco é apenas o 14° na arquibancada

Atualizado: Quarta-feira, 14 Setembro de 2011 as 11:09

Fagner acredita que a torcida do Vasco pressiona

os adversários (Foto: Maurício Val / FOTOCOM.NET)

  Com sete vitórias, três empates e apenas uma derrota, o Vasco tem se mostrado um anfitrião nada cordial quando seus adversários vêm enfrentá-lo no Rio de Janeiro. Se dentro de campo os jogadores vêm fazendo uma boa campanha, ocupando a vice-liderança do Brasileirão, fora dele a torcida vem deixando a desejar.

Após 23 rodadas, os vascaínos aparecem apenas na 14ª posição no ranking de média de público, com 9.065 pagantes por jogo. Computando apenas as partidas em São Januário, o número cai para 8.652 pagantes. Ao tomar conhecimento desta estatística, o lateral-direito Fagner mandou o recado.

- A torcida tem que vir nos apoiar, pois a campanha vem sendo boa. É o momento de a torcida refletir um pouco, vir ao estádio e apoiar durante os 90 minutos, porque isso nos deixa mais fortes - afirmou o jogador, que diz entender que, mesmo com ou sem a presença do torcedor, o time tem que continuar fazendo seu papel dentro de campo.

- A gente sabe da força de São Januário, mas não adianta falar que somos fortes e não demonstrarmos isso em campo. Temos que fazer valer isso - completou.

No ponto de vista de Fernando Prass, a questão financeira e o envolvimento da equipe em outras competições contribuem para o esvaziamento do estádio.

- É difícil falar. No começo do campeonato, tinha a Copa do Brasil, até pouco tempo tinha a  Sul-Americana. A gente entende a questão financeira, transporte, alimentação, ingresso. Em um mês, você vir ao estádio com seu filho, acompanhar três ou quatro jogos, dá quase um salário mínimo. Mas acredito que nesta reta final eles vão vir, pois a gente precisa deles. Eles ajudam a pressionar os adversários.

Assim como Fagner, o goleiro vascaíno também pediu o comparecimento da massa cruz-maltina em São Januário nos próximos jogos.

- Podemos fazer do nosso campo um diferencial e ter São Januário lotado nesses próximos jogos - concluiu.

Neste Brasileiro, o maior público no estádio aconteceu no confronto contra o Bahia. Em jogo válido pela 12ª rodada, 15.122 pagantes viram o Vasco empatar por 1 a 1 contra os baianos.

Veja o ranking das torcidas (média de público pagante):

1° 26.715 Corinthians

2° 22.333 Bahia

3° 19.277 São Paulo

4° 18.748 Coritiba

5° 16.094 Flamengo

6° 15.341 Grêmio

7° 15.305 Palmeiras

8° 15.275 Internacional

9° 14.788 Atlético-PR

10° 13.151 Atlético-MG

11° 12.143 Ceará

12° 12.107 Botafogo

13° 11.336 Figueirense

14° 9.065 Vasco

15° 8.866 Cruzeiro

16° 8.421 Fluminense

17° 7.835 Santos

18° 6.617 Atlético-GO

19° 6.455 Avaí

20° 2.493 América-MG            

veja também