Vitória do Vasco devolve sorriso a Ricardo Gomes, dizem médicos

Vitória do Vasco devolve sorriso a Ricardo Gomes, dizem médicos

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:29

Com a retirada dos sedativos, Ricardo Gomes abriu os olhos e moveu braços e pernas . Após a excelente notícia, os médicos que acompanham o treinador do Vasco no Hospital Pasteur, na Zona Norte do Rio, se reuniram mais uma vez, na manhã desta quinta-feira, para passar novas informações sobre a recuperação do técnico. E, novamente, as notícias foram boas. Segundo os médicos, Gomes está recobrando a consciência progressivamente, está menos sonolento, aperta a mão e atende a comando verbais. Ele até teria esboçado um sorriso ao saber da vitória do Vasco por 3 a 1 sobre o Ceará , jogo em São Januário que foi justamente marcado por homenagens ao comandante cruz-maltino.

- Ele está atendendo comando verbais, apertando a mão, os sinais neurológicos estão excelentes. Não fala porque segue entubado. Tinha sangue dentro do tecido cerebral que foi retirado na cirurgia. A tomografia mostrou absorção de 80% e o restante vai desaparecer nas próximas horas. A evolução é favorável. Ele ate esboçou um sorriso ao contarmos que o Vasco tinha vencido - afirmou José Antônio Guasti, responsável pela operação do treinador no último domingo.

O clínico Fábio Miranda disse ainda que Ricardo Gomes já mexe os membros de forma espontênea, mais o lado esquerdo, que o direito, afetado pelo AVC (acidente vascular cerebral). Tudo dentro do esperado.

- Evolução é contínua e satisfatória. Há sinais de melhora, principalmente no que diz respeito ao nível de consciência. Estpa progressivamente menos sonolento, se concentando mais com o meio, abre os olhos, movimenta mais os membros espontaneamente, o direito, ainda reduzido, mas dentro do esperado. A monitorização clínica, os exames laboratoriais e a nova tomografia também mostram evolução. Nenhum sinal de complicação. Continuamos animados.

- Foi mais um dia de vitória na recuperação - completou Ricardo Periard.

Entenda o caso

Ricardo Gomes sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) no segundo tempo do clássico entre Flamengo e Vasco, no último domingo, no Engenhão. Foi levado inicialmente para o centro médico do estádio e, em seguida, encaminhado para o Hospital Pasteur, na Zona Norte do Rio de Janeiro, onde foi submetido a uma cirurgia que durou cerca de três horas e meia. A hemorragia no cerébro em decorrência do AVC sofrido pelo treinador foi estancada, e a circulação, restabelecida.

No ano passado, quando ainda comandava o São Paulo, Ricardo Gomes teve uma vasculite, considerada um pequeno AVC, e precisou ficar internado após o clássico contra o Palmeiras, pelo Campeonato Paulista. No entanto, o médico do Vasco Clóvis Munhoz assegura que o problema não é relacionado com o enfrentado pelo treinador na outra ocasião.          

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições