MENU

Vitória sobre Moçambique não diminui tristeza dos jogadores de Portugal por contusão do atacante

Vitória sobre Moçambique não diminui tristeza dos jogadores de Portugal por contusão do atacante

Atualizado: Quarta-feira, 9 Junho de 2010 as 7:45

A torcida fez festa nesta terça-feira e Portugal venceu Moçambique por 3 a 0 em Joanesburgo, mas após o amistoso os jogadores estavam tristes. O motivo é o corte do atacante Nani, que sofreu uma lesão no ombro esquerdo e está fora da Copa do Mundo. A notícia da saída do jogador do Manchester United foi divulgada poucas horas antes do início da partida no estádio Wanderers.

- Ele estava em um momento fantástico, poderia nos ajudar muito. Infelizmente isso ocorre, houve em outras seleções. É triste, principalmente para quem fica fora, como ele. Mas a gente tem que se adaptar - disse Deco.

O volante Pepe, que voltou a atuar após ter passado por uma cirurgia no joelho em 17 de dezembro, prometeu homenagens a Nani durante a Copa do Mundo:

- Nani está triste, como qualquer outro jogador que não vai para o Mundial. Nós vamos disputar a Copa e cada vitória vamos dedicar a ele.

Ruben Amorim, do Benfica, foi chamado pelo técnico Carlos Queiroz para o lugar do atacante do Manchester United. Apesar de cortado, Nani deverá ficar com a seleção na África do Sul.

- É muito triste, porque Nani é um grande jogador e estava na melhor forma possível. Ele ficará aqui conosco, está triste porque não irá para o Mundial. É jovem, tem ambições, quer ser um dos melhores do mundo, mas não vai poder jogar a Copa - lamentou Danny, autor de um dos gols da vitória sobre o Moçambique.

Para Queiroz, a ausência de Nani não é ruim apenas para Portugal. O técnico acredita que a Copa do Mundo perde sem o atacante do Manchester:

- É uma perda para nós, um mal para o Mundial. O mais importante é a resposta que todos temos que dar, todos juntos. Estou confiante que os jogadores que vão substituir Nani estarão à altura da seleção - concluiu o treinador.

veja também