MENU

Vôlei: Cruzeiro passa com facilidade pelo Minas e a semi

Vôlei: Cruzeiro passa com facilidade pelo Minas e a semi

Atualizado: Segunda-feira, 12 Abril de 2010 as 12

O Cruzeiro garantiu sua vaga nas semifinais da Superliga Masculina 09/10. Neste domingo, em Belo Horizonte, o time de Itabira não teve dificuldades para passar pelo Minas ao fazer 3 sets a 0, com parciais de 25/23, 25/23 e 25/20, e fechar a série melhor de três jogos em 2 a 0. Na abertura dos playoffs, diante da sua torcida, o time também venceu em três sets.

- Os jogadores estão de parabéns. Foram guerreiros o tempo todo e não perderam o foco. Foram dois placares de 3 a 0. Hoje foi uma partida difícil, mas o time teve paciência para trabalhar nos momentos decisivos. Este é apenas mais um passo - disse o técnico Marcelo Mendez, do Cruzeiro.

Agora, o Cruzeiro espera pelo seu adversário, que vai sair do confronto entre Montes Claros e Brasil Vôlei. O Pinheiros foi o primeiro time a chegar à semifinal da Superliga. A equipe de Giba, Gustavo, Rodrigão e Marcelinho encerrou em 2 a 0 a série contra o Sesi. O time terá como rival Florianópolis ou Caxias do Sul.

O oposto Wallace foi o maior pontuador da partida, com 21 pontos, sendo 18 de ataque, dois de bloqueio e um de saque. Satisfeito com a classificação, o jogador enalteceu a força do grupo, que cresceu durante a competição.

- O time se portou muito bem, e soube sair das dificuldades. Nada mais justo que essa nossa passagem para a semifinal, pela campanha que fizemos nessa Superliga. Temos que dar um passo de cada vez, mas agora nosso objetivo já é chegar na decisão.

Wallace comando o ataque do Cruzeiro

No primeiro set, o Cruzeiro começou errando muitos saques. Por outro lado, a equipe da casa forçava bastante no serviço, o que dificultou o ataque do time de Itabira, e chegou a abrir 10/6. Quando optou por um saque mais tático, o Cruzeiro acertou a recepção e, com o oposto Wallace inspirado, o jogo ficou mais equilibrado. Com dois bloqueios seguidos, a equipe fechou em 25/23.

A segunda parcial foi bem parecida com a anterior. O Minas largou na frente, novamente com um saque forte, e abriu a vantagem de 14/11. O Cruzeiro foi buscando ponto a ponto, passou à frente em 19/16, com erros de ataque do Minas, dois bloqueios e um contra-ataque. A vantagem da equipe de Itabira seguiu até o fim do set, que terminou com um erro de saque do meio de rede Henrique: 25/23

O Cruzeiro foi quem comandou o placar no início no terceiro set, aproveitando os erros e contra-ataques cedidos pelo Minas. Mais uma vez, o bloqueio foi fundamental para a vitória, com o time de Itabira fazendo três seguidos. Um ataque de Renato Felizardo selou a vitória para o Cruzeiro em um ataque: 25/20.

veja também