MENU

Webber vence, Alonso fica em 2º e acirra disputa pela ponta do Mundial

Webber vence, Alonso fica em 2º e acirra disputa pela ponta do Mundial

Atualizado: Domingo, 9 Maio de 2010 as 1:11

 Sem dificuldades, Mark Webber venceu o GP da Espanha. Neste domingo, o piloto da Red Bull ganhou a corrida de ponta a ponta, sem ser incomodado por seus concorrentes. Fernando Alonso terminou em segundo, para delírio da torcida presente no circuito de Barcelona. O piloto da Ferrari se beneficiou com o abandono de Lewis Hamilton no fim da prova, após o britânico ter um pneu furado em sua McLaren. VEJA ALGUNS DOS DESTAQUES DA PROVA Webber se manteve na liderança após a largada

Hamilton ultrapassa Vettel e ganha a 2ª

Felipe Massa terminou a corrida em sexto e ficou atrás de Alonso (2º), seu companheiro de equipe na Ferrari. Após enfrentar problemas nos treinos, Rubens Barrichello conduziu sua Williams ao nono lugar. Lucas di Grassi levou a Virgin até o fim da prova, em 19º. Bruno Senna, da Hispania, abandonou logo no começo.

Jenson Button, quinto colocado em Barcelona, segue na liderança do Mundial de Pilotos com 70 pontos. No entanto, o piloto da McLaren agora viu Fernando Alonso se aproximar: o espanhol está em segundo, com 67. Sebastian Vettel, 3º na prova, vem em seguida, com 60. Massa alcançou Hamilton: ambos possuem 49, empatados em sexto.

"O motor estava sofrendo um pouco com uma corrida longa, mas acho que toda a equipe foi extraordinária neste fim de semana. O resultado foi visto hoje. Foi fantástico, sem dúvida", afirmou Webber.

Alonso comemorou o excelente resultado em casa. "Foi uma corrida emocionante e, no final, saímos muito contentes, mais do que o esperado. Foi excepcional e um ótimo presente aos torcedores. O quarto lugar era o máximo que podíamos almejar", comentou.

A corrida Na largada, os seis primeiros colocados mantiveram suas posições. Apesar da pressão de Lewis Hamilton na primeira curva, Mark Webber e Sebastian Vettel sustentaram a primeira e a segunda colocação, respectivamente. Felipe Massa ganhou duas posições (de Robert Kubica e Nico Rosberg) e pulou para sétimo.

O início da corrida foi péssimo para Bruno Senna. O piloto da Hispania, que enfrentou problemas de equilíbrio em seu carro nos treinos, saiu da pista e abandonou. Já Rubens Barrichello se recuperou; 17º no grid, ele ganhou cinco posições nas cinco primeiras voltas.

Na briga pela sexta posição, Massa pressionou Michael Schumacher, mas o piloto da Mercedes conseguiu abrir uma pequena vantagem. Na 15ª volta, os dois pararam ao mesmo tempo nos boxes; na saída, o alemão continuou na frente. Enquanto isso, Webber abria distância e ficou quatro segundos à frente de Vettel, seu companheiro de equipe.

Na 18ª volta, Hamilton assumiu o segundo lugar. Vettel fez um pit stop mais lento e, na volta à pista, foi ultrapassado pelo piloto da McLaren. Webber também fez sua parada, mas se manteve na liderança. Schumacher aproveitou uma parada ruim de Button para ganhar o quinto lugar.

Os dois fizeram uma boa briga pela posição e permitiram a aproximação de Massa. Na 25ª volta, ao tentar passar o retardatário Karun Chandhok, o piloto da Ferrari tocou parte da asa esquerda de sua Ferrari no carro do indiano. O brasileiro preferiu não entrar nos boxes, já que seu rendimento na pista não mudou. Com seguidas voltas rápidas, Webber abriu uma distância confortável para Hamilton, segundo colocado. O piloto da McLaren também não sofreu tanto com a pressão de Vettel, que não conseguia tirar a diferença em torno de dois segundos. Para piorar, o alemão teve problemas com os pneus no fim da prova, parou nos boxes e perdeu o terceiro lugar para Alonso.

Quando o segundo lugar parecia definido para Hamilton, o piloto britânico teve o pneu furado nas últimas voltas, bateu o carro e abandonou a prova, para contrariar quem achava que a corrida terminaria de forma monótona. Melhor para Alonso, segundo colocado e mais do que nunca firme na disputa pela liderança do campeonato.

Veja os 10 primeiros colocados do GP da Espanha:

1°. Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault), 66 voltas

2°. Fernando Alonso (ESP/Ferrari), a 24s0

3°. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault), a 51s3

4°. Michael Schumacher (ALE/Mercedes), a 1min02s1

5°. Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes), a 1min03s7

6°. Felipe Massa (BRA/Ferrari), a 1min05s7

7°. Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes), a 1min12s9

8°. Robert Kubica (POL/Renault), a 1min13s6

9°. Rubens Barrichello (BRA/Williams-Cosworth), a 1 volta

10°. Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso-Ferrari), a 1 volta   fonte: uol.com.br Do UOL Esporte Em São Paulo

veja também