MENU

Wellington vira referência no Tricolor e sonha com primeiro título

Wellington vira referência no Tricolor e sonha com primeiro título

Atualizado: Sexta-feira, 9 Dezembro de 2011 as 11:05

O ano do São Paulo não foi nada positivo, mas Wellington tem muito que comemorar em 2011. Revelado nas categorias de base do CT de Cotia, pode-se dizer que o volante de 20 anos tornou-se uma realidade no clube do Morumbi.

Wellington começou a temporada na reserva. Porém, a eliminação na Copa do Brasil para o Avaí fez o então técnico Paulo César Carpegiani mudar a configuração do meio-campo e apostar na revelação como solução para dar mais pegada ao setor. Situação que não mudou com Adilson Batista e nem com Emerson Leão. Tanto que, das 38 partidas disputadas pela equipe no Campeonato Brasileiro, Wellington esteve presente em 34.

O jogador terminou o ano tão em alta que o Villarreal (ESP), quando procurado pelo São Paulo para vender Nilmar, aceitava fazer o negócio da seguinte maneira: receberia uma parte em dinheiro e ainda aceitaria o passe de Wellington, o que não foi aceito pelo Tricolor.

Wellington foi um dos poucos destaques do Tricolor em 2011  (Foto: Marcelo Prado/Globoesporte.com) - Eu procuro a cada jogo e treino fazer o meu melhor, como se fosse a última partida da minha vida. Isso faz com que eu ganhe a confiança do treinador. Não conquistamos títulos, mas individualmente o ano foi muito bom para mim. Voltei bem de uma lesão complicada. Comecei o Brasileiro como titular e não saí mais - ressaltou o meio-campista, em entrevista ao site oficial do time do Morumbi. A temporada foi tão boa que Wellington finalmente comemorou o seu primeiro gol pelo time profissional. E foi um golaço, no dia 5 de novembro, na derrota por 4 a 3 para o Bahia. Para fechar, o garoto diz que, apesar do ano ruim, 2012 tem tudo para ser melhor para o torcedor são-paulino.

- Quero deixar bem claro ao torcedor que não é só ele que está chateado. Todos nós estamos e acreditamos que podemos conquistar coisas boas no próximo ano. Vamos atrás disso – disse.

veja também