MENU

Xavi: 'Somos pessoas normais'

Xavi: 'Somos pessoas normais'

Atualizado: Sexta-feira, 15 Abril de 2011 as 10:02

Com Xavi Hernández, a paixão pelo Barcelona veio do berço. Nascido em Terrassa, na Catalunha, o jogadou aprendeu desde cedo o que é ser catalão. Logo, a rivalidade com o Real Madrid aflorou-se desde cedo. Às vésperas do início de uma maratona de quatro clássicos em 18 dias contra os merengues, o jogador, eleito pela Fifa o terceiro melhor do mundo em 2009 e 2010, deu uma leve alfinetada nos adversários deste sábado, no Santiago Bernabéu, pelo Campeonato Espanhol. Sem deixar de rasgar elogios aos companheiros.

– Somos pessoas muito normais, simples dentro e fora do vestiário, e que gostam do futebol e têm respeito pelas pessoas. A torcida percebe como nos comportamos em campo e nos aplaude por isso. A simplicidade não se vende, mas se estende às pessoas – disse Xavi, em entrevista à “Barça TV”.

Xavi atuou por dez anos nas categorias de base do clube até se tornar profissional em 1998. Já conquistou inúmeros títulos, coletivos ou individuais. Mas, aos 31 anos, está longe de se cansar de uma vida “monótona”, recheada de conquistas.

– Você se sente privilegiado de jogar no Barça. É como se o seu ego estivesse saciado por jogar nesse clube, e sente isso desde pequeno. Você se acostuma a ganhar, e aonde vá tem que se comportar bem. Não é somente uma escola de futebol, é uma escola da vida. Te ensinam muitos valores, muitos aspectos da vida que são básicos. Queremos ganhar jogando bem, fazendo as coisas bem, respeitando todo mundo, com este espírito tão simples e humano que há.

  Para Xavi, o seu sucesso passa muito pelos pés dos outros dez jogadores que vestem a camisa azul-grená em jogos do Barcelona.

– Eu dependo muito dos meus companheiros. Meu jogo individualmente necessita da movimentação deles para criar espaços. A verdade é que jogar com todos eles não tem preço – afirmou o jogador, que também dedicou boas palavras ao melhor deles, o argentino Lionel Messi.

– Dentro de campo é incrível, tem uma personalidade única. É capaz de fazer qualquer coisa. É incrível o que ele faz, como no outro dia contra o Arsenal. É muito difícil, e isso pode ser feito em frações de segundo.      

veja também