MENU

Zé Roberto acusa torcida do Grêmio de racismo: 'É asqueroso'

Zé Roberto acusa torcida do Grêmio de racismo: 'É asqueroso'

Atualizado: Terça-feira, 17 Maio de 2011 as 11:58

Zé Roberto diz que supostos xingamentos o motivaram ainda mais (Foto: VIPCOMM)

  O melhor jogador do Gre-Nal de domingo, no Olímpico, não tirou só coisas boas do clássico. O meia-atacante Zé Roberto, do Inter, disse que ouviu manifestações racistas da torcida do Grêmio no jogo de domingo. O atleta afirmou nesta terça-feira que foi chamado de macaco antes e durante a partida.

Zé Roberto lamentou a situação. Disse que ficou assustado com a suposta agressão dos torcedores rivais.

- Houve isso. Quando eu estava aquecendo, o torcedor começou a fazer imitações de macaco. Aconteceu quando peguei na bola algumas vezes. Alguns companheiros me disseram que isso é normal. Fiquei meio assustado. É ruim. Vivi em alguns países e nunca sofri esse tipo de situação. É ruim no seu país você viver isso. É lamentável. É um sentimento nojento – disse Zé Roberto.

O atleta diz que não tomará medidas jurídicas sobre o caso. Deixa a situação a cargo da Federação Gaúcha de Futebol.

- Não sei se o clube vai tomar alguma atitude, mas eu, não. Foi no calor do jogo. Só fico triste porque é uma situação ruim. É um sentimento asqueroso. Quem tem que tomar a atitude é a Federação.

Zé Roberto afirma que os supostos xingamentos o deixaram ainda mais motivado. Ele foi a campo no decorrer do primeiro tempo e participou diretamente dos três gols do Inter na partida.

- Isso mexeu comigo, me motivou um pouco mais. Entrei querendo mais do que o normal. Foi uma situação totalmente nova. Joguei em diversos países, e nunca passei por isso. Todo mundo ficou chateado. É uma motivação a mais. Mas ficou ali no calor do jogo.        

veja também