MENU

Ainda sob desconfiança da torcida, Brasil recebe a Argentina em Goiânia

Ainda sob desconfiança da torcida, Brasil recebe a Argentina em Goiânia

Atualizado: Quarta-feira, 19 Setembro de 2012 as 7:40

Com a árdua missão de conquistar o torcedor brasileiro, a seleção formada apenas por jogadores que atuam no país inicia disputa do Superclássico das Américas

Apesar da vitória de 8 a 0 contra a China, a seleção ainda não superou a árdua missão de conquistar o torcedor brasileiro. Pelo contrário, o técnico Mano Menezes continua sendo criticado pelos quatro cantos do país. Para acabar com essa desconfiança, nada melhor que conquistar uma vitória contra o maior rival. Nesta quarta-feira, às 22h, no Serra Dourada, o Brasil enfrenta a Argentina pelo Superclássico das Américas – o jogo de volta será realizado dia 3 de outubro, em solo argentino, na cidade de Resistencia.

Pressionado, Mano Menezes já escutou manifestações de \"burro\" sobre o seu trabalho logo no primeiro dia de treinos em Goiânia. Embora claramente chateado, o treinador sabe que a única forma de reverter o quadro desfavorável é com resultados positivos.

"Eu falo deste tema com bastante naturalidade, alguns acreditam em mim, outros não. Eu procuro, com atitudes, não contribuir para que isso permaneça. Estamos confiantes no que fazemos. Claro que também vejo a questão do respeito como uma virtude para aqueles que têm\", ironizou.

Após perder a edição do Superclássico das Américas do ano passado, quando empatou em casa e perdeu por 2 a 0 em Belém, a Argentina promete vir mordida para dar o troco. No entanto, Mano Menezes prefere esquecer as armas e a motivação do adversário.

"Não escolho como joga o adversário, cabe a nós decidir como o Brasil vai se portar em campo, independentemente de quem está do outro lado. Vamos tentar tirar o máximo de proveito desse jogo\", prometeu.

Na escalação, o treinador brasileiro pretende manter a formação ofensiva dos últimos jogos da seleção. Lucas, Neymar e Luis Fabiano formarão a linha de frente verde-e-amarela para enfrentar o arquirival no Serra Dourada. Além deles, Mano vai apostar em jogadores experientes, como o lateral Fábio Santos, do Corinthians , e o meia Jádson, do São Paulo.

Do outro lado, a Argentina se beneficia mais uma vez do regulamento de poder convocar atletas que atuam no Brasil. O técnico Alejandro Sabella chamou Hernán Barcos (Palmeiras), Juan Manuel Martínez (Corinthians), Pablo Guiñazú (Inter) e Walter Montillo (Cruzeiro).

"Vamos contar com uma equipe que mescla juventude com experiência. Vejo a Argentina em condições de jogar de igual para a igual com o Brasil porque armamos um bom plantel\", avisa o zagueiro Seba Dominguez.

No entanto, a tendência é que os argentinos atuem de forma mais cautelosa, em um esquema diferente de seu time principal. A princípio, o técnico Alejandro Sabella pensa em escalar três zagueiros para conter a velocidade brasileira.

FICHA TÉCNICA - BRASIL x ARGENTINA

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO) Data: 19 de setembro de 2012, quarta-feira Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Carlos Amarilla (Paraguai)
Assistentes: Rodney Aquino e Carlos Cáceres (ambos do Paraguai)

BRASIL:  Jefferson; Lucas Marques, Dedé, Rever e Fábio Santos; Ralf, Paulinho e Jadson; Lucas, Luis Fabiano e Neymar
Técnico: Mano Menezes

ARGENTINA: Ustari; Desábato, Seba Domínguez e Vergini; Peruzzi, Maxi Rodríguez, Braña, Guiñazu e Clemente Rodríguez; Mori (Martínez) e Mugni (Barcos)
Técnico: Alejandro Sabella.


Guiame

veja também