MENU

Amistoso sem Messi gera problemas judiciais à Federação da Costa Rica

Amistoso sem Messi gera problemas judiciais à Federação da Costa Rica

Atualizado: Quarta-feira, 28 Março de 2012 as 5:48

EFE

Em março de 2011, Argentina fez amistoso no país, mas, lesionado, Messi não entrou em campo, gerando reclamações

 

 

Lesionado, Messi ficou no banco em amistoso, o que irritou os torcedores

Foto: Getty Images

Um torcedor ganhou um processo contra a Federação Costarriquenha de Futebol (Fedefútbol) na qual reivindica a devolução do valor do ingresso pago para assistir ao amistoso entre a seleção do país e a Argentina em 29 de março de 2011 porque o astro Lionel Messi não esteve em campo.

 

Leia também: Guardiola compara Messi a Jordan e não vê recorde ser quebrado

"Eu não paguei para ver uma seleção argentina de segundo nível. Não foi cumprido o que foi prometido, então houve descumprimento de contrato, publicidade enganosa e falta de informação para o torcedor", afirmou o litigante Gustavo Esquivel, em entrevista publicada nesta quarta-feira pelo jornal costarriquenho La Nación.

A Direção de Apoio ao Consumidor do Ministério da Economia, Indústria e Comércio da Costa Rica deu sentença favorável a Esquivel no dia 16 de fevereiro deste ano e ordenou que a Fedefútbol a devolver cerca de US$ 500 ao torcedor, que pagou por três ingressos para o amistoso.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O caso pode abrir a porta para que grande parte das 35 mil pessoas que assistiram à partida também reivindique a devolução do dinheiro.

A federação apelou contra a sentença na última sexta-feira, pois, segundo o advogado da entidade, Mariano Jiménez, não houve publicidade enganosa.

"Nunca foi divulgado que Messi jogaria, já que isso depende de uma decisão do técnico da Argentina O que foi divulgado é que Messi e mais quatro jogadores de primeiro nível da Argentina viriam ao país, e isso foi cumprido", declarou o advogado ao La Nación.

Confira ainda: Messi coloca R10 e Deco como dois dos melhores com quem já atuou

O jogo, que terminou empatado sem gols, gerou grande expectativa na Costa Rica porque a Argentina convocou o Bola de Ouro da Fifa, mas o astro não jogou um minuto sequer devido a uma lesão que foi colocada em dúvida pela imprensa local.

Os 35 mil ingressos foram esgotados em questão de horas com três meses de antecedência, e cambistas revenderam entradas a até US$ 600.

Milhares de torcedores chegaram ao Estádio Nacional vestidos com camisas de Messi, tanto do Barcelona quanto da seleção argentina, mas o astro não jogou, assim como estrelas como Javier Zanetti e Esteban Cambiasso. Cada vez que o telão do estádio mostrava o atacante no banco, os torcedores vaiavam e o hostilizavam.

A Fedefútbol não revelou quanto arrecadou com o amistoso nem o que investiu, mas a imprensa local informou no ano passado que a Argentina teria cobrado US$ 1,5 milhão pela partida.


Continue lendo...

veja também