MENU

Após apenas uma derrota, Adílson Batista é demitido do Atlético-GO

Após apenas uma derrota, Adílson Batista é demitido do Atlético-GO

Atualizado: Terça-feira, 29 Maio de 2012 as 6:59

Dez jogos. Cinco vitórias, quatro empates e apenas uma derrota. Com esses números, o técnico Adílson Batista se despede precocemente do Atlético-GO, clube pelo qual foi duramente criticado pela torcida e diretoria, após "exibições irregulares". No último final de semana, o time rubro-negro empatou em casa com a Ponte Preta (1 a 1), pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado parece ter sido o ultimato para a saída do treinador do clube goiano.

De acordo com as informações da assessoria oficial de imprensa do Atlético-GO, o diretor de futebol do clube, Adson Batista, reuniu-se com o ex-técnico atleticano no início da tarde desta terça-feira. A reunião definiu a saída do treinador, que já estava balançando no cargo há alguns dias. Segundo rumores da imprensa goiana, Hélio dos Anjos, velho conhecido do futebol estadual, é um dos nomes mais cotados para assumir o Dragão neste segundo semestre.

 

"Houve uma reunião entre o Adson Batista e o Adílson Batista agora há pouco, e foi definida a saída do técnico. Como foi uma reunião individual, não se falou sobre o substituto", disse Felipe Furtado, um dos assessores do Atlético-GO, que disse que o diretor de futebol atleticano irá conceder uma entrevista coletiva por volta das 16h (horário de Brasília), oficializando e saída de Adílson Batista.

A diretoria do Atlético-GO terá uma semana para definir um substituto de Adílson Batista, pois no próximo dia 6 de junho, o clube recebe o Grêmio, no Serra Dourada, pela terceira rodada do Nacional. Vice-campeão goiano desta temporada, o Atlético-GO é o décimo colocado, com dois pontos.


veja também