MENU

Após sequestro, Valdivia põe em dúvida permanência no Palmeiras

Após sequestro, Valdivia põe em dúvida permanência no Palmeiras

Atualizado: Segunda-feira, 11 Junho de 2012 as 10:42

O sequestro relâmpago sofrido em São Paulo na última quinta-feira coloca em risco a permanência de Valdivia no Palmeiras. Após o ocorrido, o meia chileno voltou ao seu país e manifestou preocupação com sua família, admitindo ser difícil continuar na capital paulista sem a companhia da esposa e dos filhos.

Em entrevista a uma emissora de TV chilena, Valdivia disse: \"Para nós, é extremamente difícil. Ela (esposa) decidiu vir para cá, sair do Brasil, e deixar a vida em que estávamos. Agora, a decisão é comigo.\"

Depois do sequestro, Valdivia embarcou na sexta-feira ao Chile, acompanhado pela família, e assumiu o compromisso de se reapresentar ao Palmeiras nesta segunda-feira. O camisa 10 confirmou a intenção de cumprir a promessa, mas revelou mágoa com o desdobramento da situação.

"É complicado, tenho ouvido notícias e rumores de que (o sequestro) é uma desculpa para eu sair do Brasil porque não estava jogando bem\", disse Valdivia. \"Independentemente de jogar bem, mal ou extraordinário, até uma pessoa que não faz nada no futebol teria tomado a mesma decisão\", acrescentou.

O camisa 10 do Palmeiras ainda explicou que apelou constantemente ao sequestrador, dizendo que queria viver e que não impediria que levasse seu veículo. Ainda assim, alega ter ouvido diversas ameaças de morte.

Diante da opção de sua esposa de voltar ao Chile de maneira definitiva, Valdivia analisa qual é o rumo que dará em sua carreira. \"É uma decisão difícil, mas creio que vá prevalecer o calor humano\", completou.

Entre para a torcida virtual do Palmeiras

 

*Com Gazeta



veja também