Após susto, Cruzeiro vira pra cima do Bahia e dispara na liderança do Brasileirão

Goulart e Ribeiro voltam de amistosos da Seleção e comandam vitória, que recoloca o time sete pontos à frente do São Paulo. Tricolor é o lanterna

Fonte: Globoesporte.comAtualizado: sexta-feira, 12 de setembro de 2014 11:35
Partida foi muito disputada, com o Bahia surpreendendo no 1º tempo
Partida foi muito disputada, com o Bahia surpreendendo no 1º tempo

O Cruzeiro precisou mais do que inspiração para vencer o Bahia por 2 a 1, de virada, na noite desta quinta-feira, no Mineirão, na 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. O futebol vistoso apresentado ao longo da competição deu lugar à garra e à raça dos jogadores, que suaram a camisa para superar as dificuldades encontradas no primeiro tempo e conseguir o resultado no segundo, quando entraram perdendo. A reviravolta veio dos pés dos recém-chegados dos amistosos da Seleção nos Estados Unidos: Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart. O gol do Bahia foi marcado por Rafael Miranda, na primeira etapa. O público pagante foi de 20.861, e proporcionou renda de R$ 767.253,00.

O resultado deixa o Cruzeiro disparado na liderança do Brasileirão com 46 pontos, sete a mais que o vice-líder São Paulo. As duas equipes se enfrentam no domingo, às 16h (de Brasília), no Morumbi. No mesmo dia e horário, o Bahia, que segue na lanterna com apenas 15 pontos, recebe o Figueirense no Estádio Joia da Princesa, em Feira Santana-BA.

O jogo

O Cruzeiro começou a partida pressionando, mas esbarrava no bloqueio eficiente montado pela defesa do Bahia. Tanto que as melhores chances dos mineiros na etapa inicial – duas bolas no travessão – foram em lances de bola parada. Ao perceber que sua missão defensiva estava sendo bem cumprida, o Bahia resolveu se arriscar no ataque e acabou sendo premiado com um gol aos 29 minutos. Após cruzamento da esquerda feito por Guilherme Santos, Rafael Miranda chutou rasteiro no canto esquerdo de Fábio. Em vantagem, a equipe recuou ainda mais e conseguiu levar o 1 a 0 para o vestiário.

No segundo tempo, a postura do Cruzeiro foi ainda mais ofensiva. O goleiro Marcelo Lomba já havia feito grande defesa numa cabeçada de Manoel, quando o gol da Raposa saiu, em pênalti contestado pelos baianos e bem cobrado por Éverton Ribeiro. Após o lance, Titi acabou expulso. Com um a mais em campo, o domínio cruzeirense ficou ainda maior. O gol da vitória foi marcado por Ricardo Goulart, após passe de Marcelo Moreno. Os dois agora dividem a artilharia do Brasileirão, com dez gols. Ao final da partida, após muitas reclamações com o árbitro da partida, Fahel também foi expulso.

 
Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições