Atlético-PR e São Paulo ficam apenas no empate, com gol duvidoso e falha do árbitro

Fonte: Globoesporte.comAtualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:01
Douglas errou no lance do primeiro gol do Atlético-PR
Douglas errou no lance do primeiro gol do Atlético-PR

atletico pr x spEm três minutos, Atlético-PR e São Paulo jogaram pelos outros 91 de partida, nesta quarta-feira, em Uberlândia. Foi um jogo sofrível tecnicamente, recheado de erros, mas emocionante perto do apito final. O Furacão esteve melhor no primeiro tempo. O Tricolor reagiu no segundo. E o empate por 2 a 2, no Parque do Sabiá, acabou sendo justo para dois times que ainda tentam engrenar no Campeonato Brasileiro. O Atlético não pôde jogar em casa porque está punido por confusão de torcedores no jogo contra o Vasco, no Brasileirão do ano passado.

Os paranaenses chegam ao terceiro jogo consecutivo sem derrota e agora somam 10 pontos, na 11ª posição. Já os paulistas não conseguem cumprir a meta do técnico Muricy Ramalho de estarem pelo menos no G-4 antes da paralisação para a Copa do Mundo. O time aparece em oitavo, com 13. O líder Cruzeiro, derrotado pelo Corinthians, soma 16.

Foi um primeiro tempo para desanimar os poucos torcedores presentes no Parque do Sabiá - foram apenas 2.768 pagantes. Furacão e Tricolor erraram muitos passes e pouco criaram. Os paulistas exageraram nos espaços defensivos e permitiriam que os rubro-negros chegassem constantemente. Bady teve liberdade para entrar na área e aproveitar o erro de Douglas, batendo bonito no canto esquerdo de Ceni, abrindo o placar, aos 30. O São Paulo não conseguiu esboçar reação. O meio de campo apagado isolou o ataque. Só Osvaldo assustou em um perigoso chute de longe.

Muricy arriscou no segundo tempo com Hudson e Boschilia. O time cresceu, passou a atacar com mais qualidade, mas não empolgou. Em pênalti sofrido por Luis Fabiano, Rogério Ceni empatou e fez o Tricolor despertar, aos 30. Pouco depois, um lance polêmico. Osvaldo disparou em direção ao gol e foi derrubado por Deivid, o mesmo que cometeu a penalidade no Fabuloso. O árbitro Anderson Daronco errou ao não ver a falta na área e ainda mostrou cartão ao são-paulino por simulação.

Motivado no ataque, o São Paulo viu sua defesa se abrir e vacilar na marcação, como vem acontecendo desde o início do ano. Cléo, de primeira, fez o segundo, aos 44. Quando o jogo parecia resolvido, Natanael desviou um cruzamento para a área, a bola bateu no braço esquerdo do Fabuloso e entrou, já aos 46.
O São Paulo volta a jogar no sábado, contra o Atlético-MG, às 18h30, no Morumbi. O Atlético-PR visita o Figueirense, domingo, no mesmo horário, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

 

 

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições