MENU

Barça e Milan disputam hoje vaga na semi da Liga dos Campeões

Barça e Milan decidem hoje vaga nas semis

Atualizado: Terça-feira, 3 Abril de 2012 as 9:52

A partida é de quartas de final, mas Barcelona e Milan fazem nesta terça-feira,às 15h45m (de Brasília), no Camp Nou, um confronto com cara de decisão pela Liga dos Campeões da Uefa. Não que o vencedor se torne favorito absoluto ao título. Longe disso, gigantes como Real Madrid e Bayern de Munique seguem vivos na disputa. Entretanto, espanhóis e italianos se enfrentam no palco catalão por muito mais do que “apenas” uma vaga na semifinal.

Campeão de 13 dos últimos 16 campeonatos que disputou, entre eles duas Champions, o Barcelona de Pep Guardiola encontrou no sorteio da fase final da competição o que precisava para turbinar ainda mais sua motivação: a possibilidade enfrentar o rival Real na decisão de 19 de maio, em Munique. Por enquanto, o encontro é somente hipotético. Porém, o time busca já nesta terça uma marca que o próprio treinador apontou como “conquista maiúscula”: chegar pela quinta vez consecutiva nas semifinais.

Já para o Milan uma classificação valeria ainda mais. Apesar de heptacampeão do torneio, o Rossonero joga pelo prazer de destronar a equipe mais badalada do futebol atual, surpreender o mundo e calar os que o apontaram como zebra no duelo. Para ficarem com a classificação, os italianos nem precisam quebrar a invencibilidade de 53 jogos do Barça em casa. Um empate com gols é suficiente. Já repetição do 0 a 0 da semana passada leva a partida para os pênaltis, enquanto qualquer vencedor, obviamente, estará classificado.
 

Paciência é arma do Barça

Ter a obrigação de vencer no Camp Nou não chega a ser algo assustador para o Barcelona. Na série invicta, por exemplo, foram 47 triunfos e apenas seis empates. O retrospecto, por sua vez, não representa facilidade, e Guardiola sabe disso. Sempre precavido e respeitador nas declarações sobre o confronto, o treinador tem a consciência de que nem para o Barça será fácil furar a defesa do Milan.

No San Siro já foi assim, um jogo de ataque contra defesa, e os italianos levaram a melhor. Para mudar o panorama, o comandante catalão pede paciência e atenção para que uma “tragédia” não aconteça no Camp Nou.

- Italianos sabem jogar esse tipo de partida. Não têm pressa. Eles vão bem quando jogam com a possibilidade de um empate. Temos que ter paciência, até por sabermos que eles são perigosos no contra-ataque e na bola parada. Um time que quer chegar à semifinal tem que superar esses obstáculos.

Entre as barreiras estará também o perigoso ataque rossonero. Guardiola surpreendeu ao dizer em coletiva ter a certeza de que sofrerá um gol. Expectativa que pode ser justificada pelas presenças de Ibrahimovic e Boateng no time adversário.

- Fora de casa, o Milan tem um contra-ataque forte, principalmente com Boateng e Ibrahimovic. Como disse, temos que buscar uma maneira de atacá-los melhor e criar chances de gol. Creio que ao menos um gol vão marcar contra nós.

Para a partida, Pep pode ficar sem um de seus principais jogadores: Xavi, com um problema na panturrilha, é dúvida. Caso o meio-campo seja vetado, Thiago Alcântara deve ser o substituto na única alteração em relação ao time da primeira partida.

Tranquilidade e coragem no Milan

No lado italiano, o clima nem parece de um time que terá pela frente o maior desafio do futebol mundial na atualidade. Declarações e reações em treinamentos demonstram uma tranquilidade incomum para quem terá o Barcelona como adversário. Postura de quem tem que “pensar positivo” na opinião do treinador Massimiliano Allegri,que prometeu uma equipe ousada em campo.

- Temos que jogar com atenção e coragem. Se quisermos avançar, precisamos pensar positivo como equipe. Dois de três resultados são favoráveis a nós. O confronto está aberto e tudo pode acontecer. Temos que fazer uma partida perfeita.

O comandante italiano evitou ainda admitir que uma classificação diante do Barça atual seria um feito histórico. Despistou e disse que todos os encontros entre clubes dessa grandeza tendem a ser eternos.

- Quando jogam Barcelona e Milan, obviamente se trata de uma partida histórica, de grande encantamento. São duas das equipes mais importantes da atualidade. Quem passar terá muitas possibilidades de jogar a final.
Para a partida, Allegri conta com o retorno de Alexandre Pato, recuperado de sua 13ª lesão nos últimos quatro anos. Ainda assim, a tendência é que a escalação seja a mesma do jogo de Milão.

Barcelona: Valdés, Dani Alves, Piqué, Mascherano e Puyol; Busquets,Keitá, Xavi (Thiago Alcântara) e Iniesta; Alexis Sanchéz e Messi. Técnico: Pep Guardiola.

Milan: Abiatti, Bonera, Nesta, Mexés e Antonini; Ambrosini,Nocerino e Seedorf; Boateng, Ibrahimovic e Robinho. Treinador: Massimiliano Allegri.

Arbitragem: Bjorn Kuipers (Holanda), auxiliado por Sander van Roekel (Holanda) e Erwin Zeinstra (Holanda).

 

veja também