MENU

A diretoria do São Paulo espera uma resposta do Napoli sobre o pedido de empréstimo feito por Vargas

A diretoria do São Paulo espera uma resposta do Napoli sobre o pedido de empréstimo feito por Vargas

Atualizado: Sexta-feira, 4 Janeiro de 2013 as 3:45

 

eduardo vargasA diretoria do São Paulo espera uma resposta do Napoli sobre o pedido de empréstimo feito pelo atacante Eduardo Vargas. O clube quer o jogador por um ano e meio e ofereceu uma quantia em dinheiro para conseguir a liberação – o valor não foi revelado pela cúpula do departamento de futebol. O clube também está próximo de Wallyson, ex-Cruzeiro.
 
O Tricolor está confiante no acerto em virtude do desejo do jogador em atuar no clube. Segundo o vice-presidente de futebol do clube, João Paulo de Jesus Lopes, Vargas manifestou a seus representantes que o São Paulo é sua primeira opção, já que assim poderia tentar recuperar o prestígio que tinha no Universidad de Chile e ficar mais próximo das convocações para a seleção de seu país.
 
- O que nós sabemos é que o jogador quer o São Paulo. Isso conta muito para o acerto – acrescentou o dirigente.
 
No fim de novembro, o empresário Cristián Ogalde, o mesmo que levou Vargas para o Napoli, visitou o CT da Barra Funda para conversar com a diretoria e levar a proposta aos italianos. Ele chegará com o status de ser o substituto imediato do ídolo Lucas, vendido ao Paris Saint-Germain.
Wallyson perto
O Tricolor deve anunciar nos próximos dias a contratação de Wallyson, que defendeu o Cruzeiro até o fim do ano passado. As bases do acordo certas, restando apenas a assinatura do contrato. Ele será contratado por empréstimo, já que tem os direitos presos ao Deportivo Maldonado-URU.
 
- Estamos aguardando a chegada dos representantes dele ao Brasil para a assinatura – disse Lopes.
 
A contratação dos atacantes deve fechar o ciclo de reforços do São Paulo. A diretoria entende que tem um elenco grande e de qualidade para os torneios de 2013. Antes deles, o clube havia anunciado o zagueiro Lúcio, além dos atacantes Negueba e Aloísio.
- Entendemos que nosso elenco é mais do que suficiente. O São Paulo não tem período de compras, aqui não tem Black Friday. Mas estamos atentos ao mercado, com duas ou três opções que estamos avaliando.
 

veja também