MENU

Figueirense e Vasco não saem do empate

Em jogo equilibrado, Figueira e Vasco não saem do empate

Atualizado: Domingo, 8 Julho de 2012 as 7:08

Em jogo de tempos distintos, a igualdade no placar reflete a atuação de dois times que alternaram momentos de domínio ao longo dos 90 minutos. Melhor em campo na primeira etapa, o Vasco sucumbiu à pressão do Figueirense depois do intervalo, e as duas equipes ficaram no 1 a 1, neste domingo, no estádio Orlando Scarpelli, em partida válida pela oitava rodada do Brasileirão. Os vascaínos chegaram a 17 pontos na competição e desperdiçaram a chance de assumir a liderança, enquanto os catarinenses agora somam oito pontos, ainda próximos da zona de rebaixamento.


Pouco antes da partida, o Figueirense apresentou Loco Abreu, novo reforço da equipe. Mas o primeiro gol do confronto saiu do pé direito de um jogador que deve estar de saída do seu clube. Com duas propostas da Arábia Saudita, Diego Souza abriu o placar. Roni, que entrara no intervalo, decretou o empate num jogo movimentado, que teve uma bola na trave de cada lado e pênalti desperdiçado pelos catarinenses.


O empate dá sequência a uma incômoda marca para o Vasco: o time não vence o Figueirense há dez jogos, desde agosto de 2006. Desde então, foram sete empates e três vitórias dos catarinenses. Na edição do Brasileirão deste ano, é o Figueira que nutre um tabu preocupante para a torcida. A equipe não ganha um jogo desde a primeira rodada, quando bateu o Náutico por 2 a 1.

Superioridade vascaína na primeira etapa
Mesmo com desfalques no setor - Felipe e Fellipe Bastos -, o Vasco venceu a batalha no meio-campo ao longo do primeiro tempo. Com marcação forte no campo adversário, o time carioca iniciou melhor o jogo e teve a primeira boa chance da partida. Aos oito minutos, Juninho bateu escanteio da direita e Nilton cabeceou com perigo. Pouco depois, Diego Souza arriscou de longe, e o goleiro Wilson espalmou.

veja também