MENU

Figueirense encerra jejum, vence o Sport na Ilha e deixa lanterna

Figueirense encerra jejum, vence o Sport na Ilha e deixa lanterna

Atualizado: Domingo, 12 Agosto de 2012 as 12:04

iG São Paulo

Aloísio marcou o único gol da partida. Time pernambucano pode entrar na zona de rebaixamento

Demorou 14 rodadas, mas a segunda vitória do Figueirense no Campeonato Brasileiro finalmente aconteceu neste sábado, na Ilha do Retiro, em Pernambuco. Diante do Sport, que também vive crise com o técnico Vágner Mancini balançando no cargo, Aloísio marcou o gol da vitória por 1 a 0 e tirou o time catarinense da lanterna da competição.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O gol foi marcado por oportunismo do substituto de Loco Abreu, que dominou dentro da área e bateu forte, aos dez minutos do segundo tempo. Com pressão das arquibancadas, o time pernambucano não conseguiu reagir e pode terminar a rodada na zona de rebaixamento dependendo dos resultados de Palmeiras e Bahia no domingo. Já o Figueira atinge 11 pontos e se beneficia do empate do Atlético-GO contra o Santos para sair da última colocação.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO E OS PRÓXIMOS JOGOS DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Lance do jogo entre Sport e Figueirense%2C na Ilha do Retiro

Foto: Gazeta Press

Os dois times terão grandes desafios na 17ª rodada, que será disputada no meio de semana. Na quarta-feira, o Sport visita o Botafogo de Seedorf no Engenhão, às 21h50 (de Brasília) e, no dia seguinte, o Figueirense recebe o ascendente Santos no Orlando Scarpelli, às 21 horas.

O JogoPressionado pelos presentes na Ilha do Retiro, o Sport tentou abrir vantagem nos minutos iniciais para acalmar os ânimos do torcedor. Antes dos cinco minutos, o time da casa avançou três vezes ao campo de ataque: Marquinhos Gabriel aos dois, com corte preciso de Fred antes de a bola chegar ao gol de Wilson, tentativa de cruzamento de Hugo dois minutos depois, e tiro forte de Reinaldo, aos seis, pela linha de fundo.

Passados os momentos de forte pressão, o time da casa seguiu dominando a partida e teve boa jogada com Marquinhos Gabriel, que avançou direto do campo de defesa e serviu Gilberto no bico da área. Bem posicionado, Wilson praticou boa defesa, assim como no lance aos 16 minutos, quando Felipe Azevedo foi quem saiu jogando pelo canto e chutou de direita nas mãos do goleiro do Figueirense.

No único erro de marcação do Sport, quando Felipe Azevedo foi desarmado e a defesa pega desprevenida, Aloísio quase surpreendeu Magrão. Mesmo sem abrir o placar, o substituto de Loco Abreu abriu caminho para o time catarinense, que se arriscou ao campo de ataque com Caio, mas o corte foi efetuado pela defesa do Sport em cima da linha.

Ainda na etapa inicial, Felipe Azevedo ficou sem opções de passe do lado esquerdo da entrada da área, mas conseguiu o cruzamento desviado pela marcação. Na sequência, Gilberto disputou com Guti pelo alto e levou a melhor, acertando a bola na trave. Antes de a bola chegar ao gol de Wilson, o árbitro assinalou falta na dividida do camisa 9 do Sport.

Vágner Love foi o dono da noite ao fazer os gols do Fla sobre o Náutico

Foto: Gazeta Press

\"Negueba

Negueba disputa a bola contra a marcação do Náutico

Foto: Gazeta Press

\"Vágner

Vágner Love comemora seu gol com Thomas

Foto: Gazeta Press

\"Miralles,

Miralles, de pênalti, fez o gol de empate do Santos

Foto: Gazeta Press

\"Pato

Pato Rodríguez comemora o primeiro gol do Santos

Foto: Gazeta Press

\"O

O santista Bill em ação contra o Atlético-GO

Foto: Gazeta Press

\"Patrick

Patrick comemora gol do Atlético-GO sobre o Santos

Foto: Gazeta Press

\"Aloisio

Aloisio comemora o gol da vitória do Figueirense sobre o Sport

Foto: Gazeta Press

\"Lance

Lance do jogo entre Sport e Figueirense, na Ilha do Retiro

Foto: Gazeta Press

\"Ceará

Ceará briga pela bola para o Cruzeiro contra o Bahia

Foto: Gazeta Press

\"Montillo

Montillo comemora seu gol sobre o Bahia

Foto: Gazeta Press

\"Os

Os jogadores do Cruzeiro comemoram o gol sobre o Bahia

Foto: Futura Press

Antes do intervalo, Hélio dos Anjos colocou Fernandes na vaga de Guilherme Lazaroni e mudou o panorama da partida. Cheio de classe, o experiente meio-campista do time catarinense ousou no corte para cima da marcação de Jackson e lançou Aloísio em velocidade. O goleiro Magrão leu a jogada melhor que o atacante adversário e conseguiu fazer a defesa no último lance de perigo da etapa inicial.

Já no segundo tempo, o início foi ainda mais avassalador, com a velocidade dos homens de frente do Sport sendo utilizada para furar o bloqueio defensivo da defesa adversária. No primeiro minuto, Marquinhos Gabriel acertou bom passe para Felipe Azevedo, que tentou entrar na área, mas perdeu o passo. Na sequência, Fernandes foi quem acertou passe para Aloísio, flagrado em posição de impedimento.

O Sport ainda criou boa oportunidade aos seis minutos, quando Marquinhos Gabriel recebeu do lado direito do ataque e bateu na saída de Wilson do gol, sem sucesso. Aos dez minutos, sem chances para defesa de Magrão, o Figueirense abriu o placar em uma jogada de oportunismo de Aloísio. Após lançamento de Guilherme Santos, que retornava ao time neste sábado, o atacante do Figueira apareceu no meio da marcação para fazer o domínio de cabeça e concluir de pé esquerdo para o fundo das redes do Sport.

Depois do gol, a torcida do Sport não deu folga para os jogadores e criticou cada movimentação da equipe que pode terminar a rodada dentro da zona de rebaixamento. Instável, o time ainda permitiu que os visitantes tivessem outra oportunidade de marcar aos 36, quando Guilherme Santos limpou a marcação pelo lado esquerdo e cruzou para Caio, que perdeu chance incrível de aumentar a vantagem e definir o placar.

FICHA TÉCNICA SPORT 0 x 1 FIGUEIRENSE

Local: Ilha do Retiro, no Recife-PE
Data: 11 de agosto de 2012, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Luiz Souza Santos Renesto (ambos do PR)
Cartões amarelos: Bruno Aguiar (Sport), João Paulo e Doriva (Figueirense)

GOLS: Aloísio, aos 10 minutos do segundo tempo

SPORT: Magrão; Moacir, Aílson, Bruno Aguiar e Reinaldo (Rivaldo); Tobi (Magno Alves), Rithely, Hugo e Marquinhos Gabriel; Felipe Azevedo e Gilberto
Técnico: Vágner Mancini

FIGUEIRENSE: Wilson; Doriva, Fred, Guti e Guilherme Santos; João Paulo (Sandro), Jackson, Claudinei,e Guilherme Lazaroni (Fernandes); Caio e Aloísio (Júlio César)
Técnico: Hélio dos Anjos

Ajude o time do Figueirense a subir no ranking da Torcida Virtual


Continue lendo...

veja também