MENU

Fim de férias, velhos problemas: Gaúcho desliza, Zinho entra em ação

Fim de férias, velhos problemas: Gaúcho desliza

Atualizado: Sexta-feira, 18 Maio de 2012 as 9:14

As férias forçadas do Flamengo chegam ao fim sem que o clube tenha conseguido eliminar antigos problemas. O maior deles: o comportamento de Ronaldinho Gaúcho. O camisa 10 até recebeu elogios internos pela postura adotada durante o período de 27 dias sem jogos, mas o atacante voltou a cometer deslizes nesta semana. O último deles na quarta-feira. No treino previsto para as 9h30m, ele chegou ao Ninho do Urubu no horário marcado e escoltado pelo carro de sua equipe de segurança, mas longe das condições ideais para trabalhar. Na avaliação de membros da comissão técnica, o jogador se apresentou aparentemente sob efeito de álcool. Alegou dores musculares e pediu para não treinar.

A atitude contrariou o diretor de futebol do clube, Zinho, e o restante da comissão técnica, inclusive Joel Santana. Recém-chegado, o dirigente procurou Ronaldinho e pediu que ele fosse a campo. Sob chuva, o jogador deu algumas voltas no gramado principal do CT com uma capa e capuz. Enquanto isso, o grupo disputava um coletivo, e o atacante Deivid ocupava o lugar do capitão ao lado de Vagner Love no ataque.


Apesar de a maioria do grupo não externar contrariedade com a suposta falta de compromentimento do principal jogador da equipe, algumas atitudes de Ronaldinho não têm agradado, inclusive, aos atletas mais próximos dele. Outros, de relação mais distante, demonstram insatisfação.

No treino da manhã desta quinta-feira, antes da viagem para o Recife, onde o time enfrenta o Sport, na estreia do time no Brasileirão, ele chegou atrasado ao Ninho. O treino do Flamengo estava marcado para as 10h, mas o meia só apareceu oito minutos depois, porém antes do início das atividades. A presidente Patricia Amorim estava no local e pôde acompanhar de perto o que aconteceu. A imprensa, no entanto, só foi liberada para entrar depois de uma hora e 20 minutos do início do treinamento. Após o atraso, ele se juntou ao time para um coletivo e teve boa atuação dando passes para os dois gols de Vagner Love.

Em quase um ano e meio de Flamengo, os atrasos do jogador são raros. Uma das incumbências da equipe que trabalha com o astro é controlar os horários dele. Também durante o período sem jogos, Ronaldinho Gaúcho passou a chegar e a sair do CT vestido com roupa de treino.


Na primeira semana de trabalho como diretor do Flamengo, Zinho se aproximou muito de Vagner Love e Deivid, dois dos principais líderes do grupo. Um tema domina as conversas: a disciplina que ele exige da equipe. Aliás, a postura do dirigente no último episódio envolvendo Ronaldinho mereceu elogios internos.
Joel se diz cansado de falar sobre Ronaldinho

Em entrevista coletiva na semana passada, Joel Santana se disse cansado das perguntas sobre o rendimento e o comportamento do seu capitão. Afirmou que o próprio jogador é quem deve responder por suas atuações e atitudes e deixou claro que espera mais do camisa 10:


- Eu que estou aqui há três meses... está ficando cansativo (responder sobre Ronaldinho). Ele é um cara completo, conquistou tudo. Quando não rende o que a gente espera, nós temos de responder por ele... Não posso. Pergunta para ele. É maduro o suficiente para o dia que quiser vir aqui falar com vocês. Como vou responder sobre um cara que é campeão mundial, melhor do mundo, financeiramente definido?! Ele que tem de falar com vocês por que não está rendendo. Não tenho de tomar conta do Ronaldinho, quem tem de fazer isso são os seguranças dele. Não tenho de responder sobre o comportamento dele, aonde ele foi, aonde deixou de ir. O dia que ele achar que deve responder, ele vem aqui.

veja também