MENU

Flamengo joga mal, mas arranca empate com o Sport na estreia

Flamengo joga mal, mas arranca empate com o Sport na estreia

Atualizado: Sábado, 19 Maio de 2012 as 11:30

As férias forçadas de um mês do Flamengo, eliminado precocemente do Campeonato Carioca e da Copa Libertadores, parecem ter tido pouco efeito para a equipe. Jogando mal, a equipe carioca ficou no empate de 1 a 1 com o Sport, neste sábado, na Ilha do Retiro. Marquinhos Gabriel abriu o placar para o time da casa, que voltava à primeira divisão, e Vagner Love deixou tudo igual.

Após ser dominado na primeira etapa, o Flamengo voltou ainda pior no segundo tempo. Os erros na defesa resultaram no belo gol do Sport. A equipe pernambucana, porém, recuou, a entrada de Deivid melhorou o Flamengo e os comandados de Joel Santana chegaram ao empate. Nos minutos finais, o Sport quase marcou, mas a bola parou no travessão.

O Flamengo volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo sábado, contra o Internacional, às 18h30, no Engenhão. Já o Sport visita o Santos na Vila Belmiro, no domingo, às 16h.

O Jogo Marcando forte desde os primeiros minutos, com três zagueiros mais avançados, o Sport começou melhor o jogo na Ilha do Retiro. Descendo em velocidade ao ataque, usando bem os alas Moacir e Rivaldo, o time pernambucano dominava a posse de bola, mas falhava no passe final para os atacantes Marquinhos e Felipe Azevedo.

 

Utilizando principalmente o lado direito do seu ataque e explorando os erros de marcação do Flamengo, o Sport iniciou uma \'blitz\' após os 25 minutos de jogo. Primeiro com Marquinhos, que recebeu na entrada da área, ajeitou e chutou para boa defesa de Paulo Victor. Na sequência da jogada, no escanteio, Edcarlos cabeceou sozinho e o goleiro do Flamengo novamente impediu o gol do time pernambucano.

Apagado e preso na boa marcação do Sport, Ronaldinho Gaúcho irritou o técnico Joel Santana aos 30 minutos da primeira etapa. O atacante cobrou mal uma falta e apenas assistiu Thiaguinho armar o contra-ataque para o Sport. O meia avançou. entrou na área e chutou cruzado para nova intervenção de Paulo Victor.

No final, aos 41, Kléberson ainda teve a chance de colocar o time carioca em vantagem. Após cobrança rápida de falta, o volante saiu na cara de Magrão, mas o goleiro fechou o ângulo e fez boa defesa, garantindo a igualdade sem gols para o intervalo.

O Flamengo fez apenas uma mudança para o segundo tempo, com a troca de Rômulo pelo volante Amaral, sem alterar o esquema tático. Em campo, a partida continuou da mesma forma, com maior domínio do Sport, que errava menos passes e era mais eficiente na marcação. A segunda etapa também começou mais violenta. Em menos de 10 minutos, três cartões amarelos para cada lado.

Além de produzir pouco no ataque, o Flamengo passou a erra na defesa, em especial na saída de bola. Aos oito minutos, Welinton não percebeu a presença da marcação e perdeu a bola próximo da área, fazendo falta em Moacir. Na cobrança de Marquinhos, Paulo Victor fez boa defesa.

Aos 12 minutos, porém, a repetição do erro foi fatal. Após chutão para a frente da zaga rubro-negra, Moacir recebeu com muito espaço, avançou pela direita e chutou cruzado. A bola bateu na zaga e sobrou nos pés de Marquinhos Gabriel. Livre, o atacante observou a posição do goleiro Paulo Victor e chutou colocado, no ângulo, marcando um golaço.

Após o gol, Joel Santana tentou dar mais velocidade ao ataque, trocando Bottinelli por Deivid, e passando Ronaldinho para o meio-campo. O Sport recuou demais e a mudança deu resultado. O Flamengo recuperou a posse de bola e passou a criar mais que o adversário.

O gol veio com o jogador mais regular da equipe nas últimas partidas. Aos 28 minutos, Ronaldinho tocou para Kleberson, que deu lindo passe para Vagner Love. Entre os dois zagueiros, o atacante dominou e tocou na saída de Magrão, deixando tudo igual e calando a barulhenta torcida do Sport na Ilha do Retiro.

O time da casa sentiu o golpe. Nervoso e recuando ainda mais, o Sport parecia temer a virada e passou a se contentar com o empate. O Flamengo tentava mais um gol usando principalmente o lado direito, com Léo Moura e Deivid. Apesar da pressão, o time pernambucano segurou o resultado e as equipes somaram um ponto cada na estreia do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA - SPORT 1 X 1 FLAMENGO

Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE) Data: 19 de maio de 2012 (Sábado)
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Paulo César Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Marcelo Van Gasse (Fifa-SP) e Vicente Romano Neto (SP)
Cartões amarelos: Edcarlos, Naldinho (SPT); Bottinelli, Welinton (FLA)

GOLS
SPORT - Marquinhos Gabriel, aos 12 minutos do segundo tempo
FLAMENGO - Vagner Love, aos 28 minutos do segundo tempo

SPORT: Magrão; Tobi, Bruno Aguiar e Edcarlos; Moacir, Rithelly, Naldinho (Diego Oliveira), Thiaguinho (Renê) e Rivaldo; Marquinhos Gabriel e Felipe Azevedo (Ruan)
Técnico: Gustavo Bueno

FLAMENGO: Paulo Victor; Leonardo Moura, Marcos González, Welinton e Magal; Rômulo (Amaral), Luiz Antônio, Kléberson e Bottinelli (Deivid), Ronaldinho Gaúcho e Vagner Love
Técnico: Joel Santana

 


Continue lendo...

veja também