MENU

Flu tenta se manter na briga por vaga contra o invicto Botafogo

Flu tenta se manter na briga por vaga contra o invicto Botafogo

Atualizado: Domingo, 1 Abril de 2012 as 11:02

Gazeta

Mesmo precisando vencer, time das Laranjeiras usará os reservas no clássico deste domingo

Fluminense e Botafogo se enfrentam neste domingo, às 18h30 (de Brasília), no Engenhão, no Rio de Janeiro, no clássico da sexta rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. As duas equipes precisam da vitória já que, o Glorioso, com 13 pontos e ainda invicto no Grupo A, dará grande passou rumo à vaga nas semifinais caso vença. O Tricolor, por sua vez, tem seis pontos e está fora da zona de classificação no Grupo B. Perdendo, ficará em posição bem delicada.

Veja como está a classificação da Taça Rio do Carioca

Além de situações distintas na tabela de classificação, os times vivem momentos opostos em vários aspectos. O Fluminense está garantido na decisão do Estadual por ter ganho a Taça Guanabara, primeiro turno, e faz grande campanha na Copa Libertadores, tendo vaga assegurada nas oitavas de final. Isto, porém, gerou um custo já que a equipe demonstra cansaço após a maratona de jogos.

 

 

Loco Abreu deve jogar o clássico

Foto: AE

O Botafogo está em melhor estado físico, invicto na temporada e não sabe o que é perder para o rival desde o Campeonato Carioca de 2010. Porém, tem exibido grande irregularidade e sofrido para derrotar adversários mais fracos tecnicamente, como na Copa do Brasil, quando penou para eliminar o Treze-PB nos pênaltis.

 

"São dois times que estão fazendo uma boa temporada, que têm condições de conquistar os títulos que estão disputando e que contam com grandes atletas, capazes de desequilibrar uma partida. Portanto, a minha expectativa é de um confronto muito disputado. Espero que o Botafogo consiga aproveitar melhor as oportunidades e deixar o gramado com a vitória", disse o técnico do Botafogo, Oswaldo de Oliveira.

Se o treinador do Botafogo espera equilíbrio em tudo, Abel Braga, comandante do Fluminense, teme que o cansaço de sua equipe possa decidir o duelo em favor do Glorioso. "É muito complicado você jogar na quinta-feira uma partida muito disputada, viajar várias horas, chegar no sábado ao Brasil e fazer um clássico no domingo que pode ser decisivo para as pretensões da equipe na Taça Rio. Mas vamos trabalhar para superar esses obstáculos e conquistar um grande resultado", disse Abel.

Se o cansaço é um inimigo, os jogadores do Fluminense esperam que a torcida se torne uma arma favorável. "Nós vamos estar cansados pelo excesso de jogos e pela viagem. Por isso que o apoio da torcida vai ser fundamental para que a gente tenha mais ânimo para correr em busca de uma vitória. O Botafogo é um rival complicado de ser batido. Portanto, vamos precisar mais uma vez do carinho da torcida", disse o goleiro Diego Cavalieri.

O clássico deste domingo será uma repetição das semifinais da Taça Guanabara. Naquela ocasião, o Fluminense ganhou nos pênaltis após empate por 1 a 1 no tempo normal. Cientes de que a torcida do Botafogo espera o troco, os alvinegros descartam qualquer clima de vingança.

"Nós sabemos que cada partida tem a sua história. O que aconteceu naquela ocasião faz parte do passado. Agora temos que encarar o Fluminense novamente com o desejo de ganhar e ficar mais perto da vaga nas semifinais. Já esquecemos o que aconteceu na Taça Guanabara", disse o volante Renato.

 

 

Abel Braga decidiu poupar atletas

Foto: Photocamera

Em relação aos times que vão a campo, o Botafogo está definido. O meia Andrezinho, poupado na vitória por 2 a 0 sobre o Duque de Caxias, e o atacante uruguaio Loco Abreu, que estava afastado para melhorar o condicionamento físico, reaparecem nas vagas de Felipe Menezes e de Herrera, respectivamente.

 

Já no Fluminense, Abel Braga vai estudar os atletas que estão em melhor estado físico para anunciar a escalação, que deverá ser conhecida apenas minutos antes do confronto. Certo, apenas, é que o zagueiro Anderson e o volante Diguinho, que receberam o terceiro cartão amarelo na vitória por 2 a 0 sobre o Bonsucesso, cumprem suspensão e ficam fora.

A tendência é que alguns atletas mais vulneráveis a lesões sejam preservados. Em compensação o zagueiro Gum, afastado desde o ano passado por conta de lesão na coxa direita, reaparece no time.

FICHA TÉCNICA FLUMINENSE X BOTAFOGO

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ) Data: 1 de abril de 2012 (Domingo)
Horário: 18h30(de Brasília)
Árbitro: Leonardo Garcia Caveleiro (RJ)
Assistentes: Silbert Sisquim (RJ) e Luiz Cláudio Regazonne (RJ)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno, Digão, Gum e Carleto; Edinho, Jean, Thiago Neves e Lanzini; Wellington Nem e Rafael Moura
Técnico: Abel Braga

BOTAFOGO: Jéfferson; Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Marcelo Mattos, Renato, Fellype Gabriel, Andrezinho e Elkeson; Loco Abreu
Técnico: Oswaldo de Oliveira


Continue lendo...

veja também