MENU

Inter e Fluminense iniciam um dos duelos mais esperados das oitavas

Inter e Fluminense iniciam duelo das oitavas

Atualizado: Quarta-feira, 25 Abril de 2012 as 8:13

De um lado, o Inter, acostumado com disputas internacionais nos últimos anos. Do outro, o Fluminense, a melhor equipe da fase de grupos da Libertadores. É com este retrospecto que as duas equipes começam a disputa por uma vaga às quartas de final do torneio sul-americano na noite desta quarta-feira, às 21h50m, no Beira-Rio.

Os gaúchos entram em campo com a necessidade de fazer um resultado que dê tranquilidade para o confronto no Rio de Janeiro. Os atletas não escondem que todo o foco está direcionado para conquistar uma vitória. De preferência, sem tomar gols. E, para isso, contam com um excelente trunfo. O retrospecto recente da defesa, que só levou três gols nos últimos dez jogos.

Se a zaga está em alta no Beira-Rio, o setor de criação apresenta duas perdas importantes. Oscar, envolvido no imbróglio jurídico com o São Paulo, segue sem poder atuar pelo Inter. Para piorar, D'Alessandro tem uma lesão muscular na coxa, que o afastará dos gramados por até um mês. Sorte que Dátolo vive grande fase.

Já o time carioca espera confirmar nas oitavas a qualidade apresentada na etapa anterior. Abel Braga conta com a genialidade de Deco, cérebro do Tricolor das Laranjeiras, em ótimo momento. São dos pés do luso-brasileiro que se iniciam todas as jogadas de ataque da equipe. E ainda há Fred. O artilheiro, que retorna após 15 dias, é sempre um perigo constante para os defensores rivais.

Além disso, o Fluminense traz para o Beira-Rio um fator que mexerá com o sentimento dos colorados. Um não. Três. Defendendo a equipe estarão os históricos colorados Abelão e Edinho, campeões da Libertadores e do Mundial, em 2006, e Rafael Sobis, atacante bicampeão do torneio sul-americano (2006 e 2010). Como já ocorreu em 2011, o trio deve receber muitas homenagens da torcida antes da partida, com os seus nomes gritados nas arquibancadas.

Durante os 90 minutos, porém, o reconhecimento terá uma breve separação pela disputa dos três pontos.

O brasileiro Paulo César de Oliveira será o árbitro do confronto. Ele será auxiliado por Alessandro Rocha e Emerson de Carvalho. A TV Globo transmite a partida ao vivo para o Rio de Janeiro, Juiz de Fora (MG), Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Cascavel, Foz do Iguaçu e Guarapuava (PR), Santa Catarina, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul e Regiões Nordeste e Norte. O GLOBOESPORTE.COM acompanha o jogo em tempo real.

As escalações

Inter: Dorival não confirmou a escalação colorada. O técnico aguarda uma confirmação do departamento médico para saber se poderá contar com Kleber. Caso não tenha condições, Fabrício será o substituto. No meio-campo, Jajá e Tinga disputam uma vaga. Os colorados estarão em campo com Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Kleber (Fabrício); Guiñazu, Sandro Silva, Tinga (Jajá) e Dátolo; Dagoberto e Leandro Damião.

Fluminense: o time carioca vem com apenas uma surpresa: a entrada de Gum na equipe titular. Ele substitui Leandro Euzébio que, na visão do treinador, não vive bom momento. Sem Wellington Nem, que está lesionado, Rafael Sobis entra no ataque. De resto, o Flu vem com a base que jogou a maior parte da temporada: Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Anderson e Carlinhos; Edinho, Diguinho, Deco e Thiago Neves; Rafael Sobis e Fred.

Quem está fora

Inter: D'Alessandro, com uma lesão muscular na coxa esquerda, desfalca a equipe por até um mês. Oscar, envolvido no imbróglio jurídico com o São Paulo, segue impedido de atuar com a camisa colorada.

Fluminense: Wellington Nem é o principal desfalque. Com um estiramento muscular na coxa, o atacante está sem condições de jogo. Araújo e Valencia também ficaram no Rio. Os dois já se recuperaram das lesões que tiveram, mas treinaram pouco e só devem voltar na segunda partida das oitavas de final.

Fique de olho

Inter: ele chegou para ser uma alternativa no meio-campo. Com suas arrancadas e o potente chute de pé esquerdo, Dátolo virou um dos destaques da equipe. Com apenas 15 jogos, já marcou oito gols. Só está atrás de Leandro Damião (que soma 15) entre os artilheiros colorados na temporada.

Fluminense: Fred está de volta ao time. A última partida do atacante foi diante do Boca Juniors, no último dia 11. Ele vinha sofrendo com dores musculares na coxa esquerda.

O que eles disseram

Dorival Júnior, técnico do Inter: "O Inter não é franco atirador. O Inter é postulante para a vaga. Não vejo diferença muito grande entre as equipes. Tivemos problemas na fase de grupos. Espero que a gente continue com a determinação e atitude que tivemos para a classificação".

Abel Braga, técnico do Fluminense: "O nosso objetivo é fazer um grande jogo. Volto a dizer que não gostaria de enfrentar o Inter, mas não tem jeito. Vamos procurar a vitória como fizemos em todos os jogos nesta temporada e sei que eles farão o mesmo. A única certeza que se tem é que teremos um grande espetáculo".

Números e curiosidades

* Quem tem vantagem? Confira o histórico do confronto no Futpédia
* O Fluminense defende uma invencibilidade de cinco jogos diante do Inter. Os cariocas não perdem para os colorados desde 2009, quando levaram 4 a 2. Desde então, foram três triunfos do Tricolor das Laranjeiras e dois empates.
* O Fluminense não sabe o que é perder pontos como visitante. A equipe venceu os três jogos disputados fora de casa na Libertadores.
* O setor defensivo colorado é o grande trunfo de Dorival Júnior para segurar Sobis, Fred, Thiago Neves e Deco. Nos últimos 10 jogos, o Inter só levou três gols.

Último confronto

O último confronto entre Fluminense e Inter ocorreu no dia 6 de novembro de 2011 e marcou o reencontro de Abel Braga, Rafael Sobis e Edinho com o Beira-Rio. O trio foi ovacionado pelos torcedores que lotaram o estádio colorado. Entretanto, não tiveram compaixão com o ex-clube. Os cariocas venceram por 2 a 1. Sobis marcou o gol da vitória.

veja também