MENU

Inter faz três, se reencontra com a vitória e interrompe série invicta do Bahia

Inter faz três, se reencontra com a vitória e interrompe série invicta do Bahia

Atualizado: Segunda-feira, 24 Setembro de 2012 as 7:44

Ao acabar com jejum de quatro jogos sem vencer, equipe gaúcha volta a se aproximar da zona de classificação à Libertadores

Após quatro rodadas, o Internacional voltou a vencer no Campeonato Brasileiro neste domingo. Jogando dentro de casa, o time gaúcho derrotou o Bahia por 3 a 1 e, de quebra, interrompeu a série invicta do adversário que já durava sete partidas. 

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O Inter abriu caminho para a vitória no primeiro tempo e foi para os vestiários vencendo já pelo placar de 2 a 0, com gols de Fred e Forlán. Na segunda metade, Leandro Damião ampliou a vantagem e liquidou a partida. Nos acréscimos, Kléberson marcou o gol de honra do Bahia.

A vitória não é suficiente para fazer o Internacional deixar a sétima posição, mas permite à equipe se aproximar da zona de classificação à Libertadores. A distância até o Vasco, quarto colocado, é de quatro pontos. Já o Bahia caiu para 15º lugar e está quatro pontos à frente do Sport, primeiro integrante da zona de rebaixamento.

O jogo

Logo aos dois minutos, o lateral esquerdo Fabrício dividiu forte com Madson e saiu de campo com dores no ombro, mas não precisou ser substituído. Passado o susto, o jogo transcorreu em equilíbrio. Logo na primeira chance, aos 12 minutos, o Inter abriu o placar: Ygor ganhou dividida na ponta direita e a bola sobrou para Fred, que encheu o pé e fez 1 a 0.

O Bahia não se assustou e veio em busca do empate, deixando o jogo aberto. Aos 17, Hélder fezlançamento, Índio falhou e Elias entrou na cara de Muriel, mas o chute saiu. A resposta colorada foi imediata: Forlán fez boa jogada pela direita e cruzou, a zaga baiana ficou olhando e Leandro Damião chegou atrasado, não conseguindo concluir. Aos 20, nova chance tricolor: Souza recebeu cruzamento da direita e entrou completamente livre, mas chutou em cima do goleiro colorado.

O Inter, então, passou a controlar o jogo, mas criava pouco perigo. Só voltou a ameaçar aos 32: Leandro Damião tocou para Forlán em velocidade, o uruguaio ajeitou para o pé esquerdo, mas pegou muito embaixo na bola, mandando alto. Quatro minutos depois, a insistência de Forlán foipremiada com o gol: o craque da Celeste aparou de cabeça um cruzamento de D’Alessandro e marcou o segundo do Internacional.

Aos 40, mais uma vez Forlán levou perigo. O uruguaio recebeu no mano a mano com o zagueiro, limpou a marcação e chutou, mas Marcelo Lomba, com os pés, salvou o terceiro do Inter.

O Bahia voltou para o segundo tempo com Kléberson no lugar de Diones, mas o panorama permanecia o mesmo: domínio colorado. Aos dois minutos, Forlán cruzou, Marcelo Lomba cortou mal e Fred chutou para fora. Aos seis, a equipe gaúcha matou o jogo: Leandro Damião acertou um belo chute de fora da área e fez 3 a 0. O golaço esfriou os planos de Jorginho de buscar o empate.

A equipe visitante seguiu tentando ao menos descontar a vantagem. Aos 15, Danny Morais avançou pela direita e chutou, para defesa de Muriel. O Inter respondeu em um chute de longe de D’Alessandro, defendido por Lomba. O jogo seguiu modorrento até os 40 minutos, quando Lulinha tabelou com Souza e chutou perto do gol. Aos 45, Kléberson fez o gol de honra da equipe baiana, aparando rebote após cobrança de escanteio.

FICHA TÉCNICA - INTERNACIONAL 3 X 1 BAHIALocal: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)Data: 23 de setembro de 2012, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Ronan Marques da Rosa (SC)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Nadine Schram Câmara Bastos (SC)
Cartões Amarelos: Fabrício, Rodrigo Moledo (INTERNACIONAL); Lulinha, Claudio Pitbull (BAHIA)
Gols: INTERNACIONAL: Fred, aos sete, Diego Forlán, aos 37 minutos do primeiro tempo, e Leandro Damião, aos sete minutos do segundo tempo;
BAHIA: Kléberson, aos 45 minutos do segundo tempo

INTERNACIONAL: Muriel; Nei (Elton), Rodrigo Moledo, Índio e Fabrício; Ygor (Lucas Lima), Guiñazu, Fred e D’Alessandro; Diego Forlán (Cassiano) e Leandro Damião
Técnico: Fernandão

BAHIA: Marcelo Lomba; Madson, Danny Morais, Titi e Jussandro; Fahel, Diones (Kléberson), Hélder e Gabriel (Claudio Pitbull); Elias (Lulinha) e Souza
Técnico: Jorginho

 

*Com Gazeta

 

 

Guiame

veja também