MENU

Irritado, Muricy relata banana em Neymar e convoca torcida do Santos

Irritado, Muricy convoca torcida em peso para jogo de volta

Atualizado: Quinta-feira, 26 Abril de 2012 as 4:04

A derrota do Santos por 2 a 1 para o Bolívar, no estádio Hernando Silles, em La Paz, pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores, obviamente não agradou ao técnico Muricy Ramalho. Mas a maior reclamação do treinador foi em relação ao tratamento dispensado ao Peixe na Bolívia.

Reclamando da desorganização da partida e da Conmebol, Muricy relatou que Neymar foi atingido por uma banana. Na verdade, foi uma laranja. Além disso, o treinador afirmou que quando Ganso foi reclamar com o árbitro Enrique Osses sobre o objeto arremessado no camisa 11, o árbitro repreendeu o meia.

- Não aceitamos o tratamento que nos deram aqui. A Conmebol não toma nenhum tipo de atitude. Jogaram pedras, banana no Neymar (na verdade, o jogador não foi atingido por nenhuma pedra e a fruta era uma laranja). É horrível. Perder o jogo tudo bem, mas o que fizeram não foi correto. Por isso, peço à torcida do Santos: vamos pressionar, porque precisamos ganhar o jogo. O Ganso foi reclamar que o Neymar foi atingido e ele fala que é normal, assim como o nosso atraso? Eles que multem, mas apitem o jogo - disparou o treinador, que só aceitou conceder entrevista coletiva para jornalistas brasileiros.

Apesar da derrota do Peixe, o treinador destacou o gol fora de casa marcado por Maranhão, que dá ao Santos a possibilidade de classificação com uma vitória simples no Brasil - o treinador ainda não confirma se vai jogar na Vila Belmiro ou no Pacaembu.

- O mais importante foi o gol fora de casa mesmo. Jogar aqui é sempre difícil. Suportamos bem no segundo tempo - analisou.

Logo após a partida, a delegação do Santos deixou o estádio Hernando Silles e partiu para o aeroporto. O time deixa a Bolívia em voo fretado ao Brasil, com previsão de chegada a Campinas às 6h45m desta quinta-feira.

veja também