MENU

Justiça autoriza força policial para tirar Taça das Bolinhas do São Paulo

Justiça autoriza força policial para tirar Taça das Bolinhas

Atualizado: Sexta-feira, 4 Maio de 2012 as 8:49

A briga judicial pela posse da Taça das Bolinhas teve mais um capítulo nesta quinta-feira. Despacho da 50ª Vara Cível do Rio de Janeiro determinou que o troféu seja retirado da sede do São Paulo e levado à Caixa Econômica Federal a qualquer custo. A intenção é fazer valer uma medida cautelar que determinava a devolução da Taça das Bolinhas que não foi cumprida pelo São Paulo no mês de fevereiro.
- Defiro o pedido formulado para que se proceda a busca e apreensão em qualquer das dependências do clube, incluído (sic) qualquer sala ocupado (sic) por diretor ou até mesmo da (sic) presidente da agremiação, podendo utilizar de força policial, se necessário - diz um trecho do despacho.
A Taça das Bolinhas foi criada para premiar o campeão brasileiro. Ficou determinado pela CBF que o primeiro clube que vencesse a competição três vezes seguidas ou cinco vezes intercaladas teria a posse definitiva do troféu. O Flamengo alega que conquistou seu quinto título em 1992 (há, até hoje, uma disputa sobre quem foi o campeão de 1987, Flamengo ou Sport - a CBF chegou a reconhecer o Flamengo como campeão, mas teve de voltar atrás por decisão da Justiça). O São Paulo só conquistou seu quinto título em 2007.

veja também