MENU

No 400º jogo de Felipão, Palmeiras pega o Botafogo para tentar afastar “pânico”

No 400º jogo de Felipão, Palmeiras pega o Botafogo para tentar afastar “pânico”

Atualizado: Quarta-feira, 8 Agosto de 2012 as 8:44

Time alviverde quer tentar saia da degola, enquanto clube alvinegro pensa em encostar no G4

A derrota do Palmeiras para o Internacional, no último sábado, fez o técnico Luiz Felipe Scolari admitir a sensação de \"pânico\" com a necessidade de tirar sua equipe da zona da degola no Campeonato Brasileiro, tendo que lidar ao mesmo com diversos desfalques. Depois de três tropeços consecutivos no torneio, e no dia em que Felipão completa 400 jogos à frente do time alviverde, o clube luta para evitar um clima ainda pior, nesta quarta-feira, às 21h50 (horário de Brasília), contra o Botafogo, no Engenhão.

"Só quem tem uma identificação muito grande e positiva com o clube pode conseguir esta marca\", avalia o comandante, que não terá vida fácil para escalar o Palmeiras no Rio de Janeiro O meia Valdivia segue fora do time, por conta das dores na coxa esquerda, assim como Luan, Román, Márcio Araújo e Maikon Leite, que estão entregues ao departamento médico. João Vitor, por sua vez, cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo. A boa notícia é o retorno de Henrique, que cumpriu pena imposta pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) e fica novamente à disposição. A lista de \"reforços\" também tem Daniel Carvalho, que se recuperou de dores lombares.

Em meio aos resultados negativos contra Bahia, Cruzeiro e Inter, pelo Brasileirão, o time alviverde só triunfou justamente contra o Botafogo, pela estreia da Copa Sul-Americana. Agora, o clube tenta repetir o desempenho contra a equipe de Oswaldo de Oliveira: \"Nós podemos pegar algumas coisas do Botafogo, como pontos fortes e fracos, mas não vai fazer tanta diferença. Tivemos derrota no Brasileiro para Grêmio e depois o eliminamos na Copa do Brasil. Sempre sabemos que cada partida é uma história\", afirmou o meia Daniel Carvalho.

Já o time alvinegro venceu seus dois últimos jogos pela competição e, com 23 pontos, na sétima colocação, pretende encostar na zona de classificação para a próxima Copa Libertadores. Se a posição na tabela preocupa os palmeirenses, os botafoguenses minimizam o fato de o rival estar na zona de rebaixamento. \"O Palmeiras tem um bom time, conta com jogadores experientes e vai voltar a fazer uma boa campanha no Brasileiro. Para mim, é uma questão de tempo. Porém, o Botafogo também tem seus planos dentro desta competição e, por isso, temos que fazer um jogo impecável contra eles. Não podemos perder a oportunidade de somar três pontos em casa\", disse o zagueiro Antônio Carlos.

Cientes da cobrança vivida pelo adversário, os jogadores do Botafogo querem pressionar desde os primeiros minutos. \"Nós sabemos que o Palmeiras vem para jogar no nosso erro e vai tentar tirar proveito de tudo o que puder fazer. Vamos precisar nos impor desde os primeiros minutos, para não deixarmos que eles possam planejar as coisas. Precisamos somar mais três pontos jogando em casa e contando com o apoio de nossa torcida\", disse o goleiro Jéfferson.

Em termos de escalação, o técnico Oswaldo de Oliveira espera pelo lateral direito Lucas, que se recupera de dores nas duas pernas. Caso ele seja vetado, o volante Gabriel será improvisado no posto, uma vez que Lennon, o reserva imediato, se encontra com desgaste muscular. O meia Fellype Gabriel deverá ficar com a vaga de Seedorf, preservado. O meia Vítor Júnior, que volta de suspensão, disputa posição com o atacante Rafael Marques.

FICHA TÉCNICA - Botafogo x Palmeiras Campeonato Brasileiro 2012 - 15ª rodada  Local: estádio Olímpico João Havelange (Engenhão), no Rio de Janeiro-RJ
Data: 8 de agosto de 2012, quarta-feira
Horário: 21h50 (horário de Brasília) 
Árbitro: Francisco Carlos Nascimento
Assistentes: Fábio Pereira e Antônio Lugo

BOTAFOGO: Jéfferson, Lucas (Gabriel), Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Jadson, Renato, Fellype Gabriel, Andrezinho e Vítor Júnior (Rafael Marques); Elkeson Técnico: Oswaldo de Oliveira

PALMEIRAS: Bruno; Artur, Leandro Amaro, Maurício Ramos e Juninho; Henrique, Marcos Assunção, Patrik e Daniel Carvalho; Mazinho e Barcos Técnico: Luiz Felipe Scolari

 

 


GUIAME

veja também