MENU

Romário afirma que Neymar ainda está um degrau abaixo de Messi

Romário afirma que Neymar ainda está um degrau abaixo de Messi

Atualizado: Segunda-feira, 18 Junho de 2012 as 2:30

EFE

Melhor jogador do mundo em 1994, Romário acredita que o argentino Lionel Messi atualmente está um patamar acima de Neymar, pelos títulos que ganhou e pela experiência internacional que adquiriu.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Neymar é o melhor jogador brasileiro e o coloco um degrau abaixo de Messi. Mas, se fizeram duas equipes idênticas com Messi de um lado e Neymar do outro, o resultado seria 10 a 10\", afirmou o 'Baixinho\', em entrevista publicada nesta segunda-feira no jornal francês \"L\'Équipe\".

O deputado federal aproveitou para fazer \'lobby\' pelo seu filho, Romarinho, de 18 anos, que atua no Vasco. Romário afirmou que espera que o jovem atue por seis meses ou um ano no Barcelona B, para que depois suba para o time principal do que ele definiu como um \'clube extraordinário\'.

Famoso por sua agitada vida noturna, o ex-craque concordou que a prática não-convencional foi eficiente ao longo da carreira. \"Não mereci tudo o que consegui. Nunca me comportei como um profissional, nunca fui atleta. Eu era um jogador de futebol. Não dormia como devia, não comia como um esportista, sempre chegava tarde, não treinava forte todos os dias, não respeitava descansos, mas fiz 1.002 gols\", brincou.

Outra marca do \'Baixinho\' foi sua fama de conquistador. O ex-atacante de Barcelona, Vasco, Flamengo, Fluminense e seleção brasileira, admite que não conheceu tantas mulheres como gols marcou. \"Infelizmente não cheguei a essa número\", admitiu Romário.

Contudo, o ex-atacante afirma que a vida noturna pode ser prejudicial para alguns. \"A noite pode ser nefasta. Para mim era o contrário. O mesmo quanto ao sexo. Para mim, era necessário, mas para outros não funciona\".

Artilheiro do Brasileirão por duas vezes (2001 e 2005), dos Jogos Olímpicos de Seul (1988), Espanhol (1994) e por duas vezes da Liga dos Campeões (1990 e 1993), Romário sabe que poderia ter ido mais longe. \"Se não saísse tanto, teria feito 2 mil gols. Mas bem, mil está bom, não?\", ironizou.


Leia também: GUIAME

veja também