MENU

São Paulo bate o Bahia e assegura vaga nas oitavas de final da Sul-Americana

São Paulo bate o Bahia e assegura vaga nas oitavas de final

Atualizado: Quarta-feira, 22 Agosto de 2012 as 8:31

O atacante Willian José e o volante Maicon marcaram os gols da vitória são-paulina por 2 a 0O São Paulo confirmou sua classificação para as oitavas de final da Copa Sul-Americana. Nesta terça-feira, no estádio do Morumbi, os comandados de Ney Franco venceram o Bahia por 2 a 0. No primeiro jogo, disputado em Salvador, o time paulista conquistou a vitória pelo mesmo placar.

Após um primeiro tempo de poucas emoções, o São Paulo resolveu jogar bola a partir dos 15 minutos da etapa final e não encontrou dificuldades para vencer a partida com gols de Willian José e Maicon.

Agora, na próxima fase da competição, o time do Morumbi enfrenta quem passar do duelo entre LDU de Loja, do Equador, e Nacional, do Uruguai. Vale lembrar que o campeão da Copa Sul-Americana garante vaga na próxima edição da Copa Libertadores.

Com a eliminação na competição continental, o Bahia deposita todas as suas fichas no Campeonato Brasileiro. O time de Salvador ocupa apenas a 17ª colocação e luta para não terminar o ano rebaixado.



Maicon fez o segundo gol do São Paulo e correu para o abraço
Foto: Gazeta Press
O lateral Cortez em ação contra o Bahia no Morumbi
O lateral Cortez em ação contra o Bahia no Morumbi
Foto: Gazeta Press
Willian José marcou o primeiro gol e desabafou
Willian José marcou o primeiro gol e desabafou
Foto: Futura Press
Lucas, que após o jogo comemoraria seu aniversário de 20 anos
Lucas, que após o jogo comemoraria seu aniversário de 20 anos
Foto: Gazeta Press
Jogadores do São Paulo comemoram gol na segunda etapa
Jogadores do São Paulo comemoram gol na segunda etapa
Foto: Vipcomm
Ademilson em ação contra o Bahia, no Morumbi
Ademilson em ação contra o Bahia, no Morumbi
Foto: Vipcomm


O jogo

Precisando vencer por dois gols de diferença para seguir vivo na competição, o Bahia começou a partida no ataque. Aos cinco minutos, na primeira finalização do jogo, Zé Roberto arriscou de fora da área e Rogério Ceni fez a defesa.
Ex-jogador do Corinthians, Lulinha quase abriu o placar para o time de Salvador aos 13 minutos. O meia-atacante recebeu a bola dentro da área e chutou cruzado, tirando tinta da trave são-paulina.

Depois do susto, o time do Morumbi respondeu aos 15 minutos. Cícero soltou a bomba da entrada da área e o goleiro Marcelo Lomba fez a primeira grande defesa da partida, espalmando a bola para frente.
Com uma marcação mais eficiente, o São Paulo conseguiu neutralizar as jogadas de ataque do Bahia e controlou as ações a partir da metade do primeiro tempo. Porém, por causa da boa vantagem construída na partida de ida, o time paulista não mostrou muita vontade para buscar o gol.
No segundo tempo, Ney Franco e Caio Júnior promoveram as primeiras mudanças da partida. No São Paulo, Ademilson saiu para a entrada de Osvaldo. Já no Bahia Vander entrou na vaga de Gabriel.

Apesar das alterações, as duas equipes não conseguiram criar jogadas de perigo no começo da etapa final. Insatisfeito, Caio Junior sacou Junior para a entrada de Ciro. Pouco depois, Ney Franco trocou Jadson por Willian José.

A segunda alteração do São Paulo surtiu efeito aos 19 minutos. Em lance individual, o atacante Willian José avançou com a bola e soltou um foguete de fora da área no ângulo direito de Marcelo Lomba.

Depois do gol, o São Paulo jogou mais solto e não demorou para ampliar a vantagem. Aos 23 minutos, Osvaldo fez boa jogada pelo lado esquerdo e cruzou rasteiro para Maicon chutar no canto, sem chance para o goleiro do Bahia.

No fim do jogo, os jogadores do São Paulo pouparam energia para a festa de aniversário de Lucas. O meia-atacante completou 20 anos no último dia 13 e agendou a comemoração para esta terça-feira, em uma casa noturna.


FICHA TÉCNICASÃO PAULO 2 X 0 BAHIA
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)Data: 21 de agosto de 2012 (terça-feira)
Horário: 21h15 (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa-PE)
Assistentes: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Carlos Berkenbrock (Fifa-SC)
Cartões amarelos: Rafael Toloi (São Paulo); Lulinha (Bahia)
Público: 10.097 pessoas (total)
Renda: R$ 193.586,00
Gols: SÃO PAULO: Willian José, aos 19, e Maicon, aos 23 minutos do segundo tempo
SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi (Edson Silva), Rhodolfo e Cortez; Denilson, Maicon, Cícero e Jadson (Willian José); Lucas e Ademilson (Osvaldo)
Técnico: Ney Franco
BAHIA: Marcelo Lomba; Diones, Danny Morais, Titi e Victor Lemos; Fahel, Mancini, Zé Roberto e Gabriel (Vander); Lulinha e Júnior (Ciro)
Técnico: Caio Junior

 

 

Guiame

veja também