MENU

Vélez perde e abre porta para Flu ter melhor campanha da fase de grupos

Vélez perde para o Defensor e Flu agradece

Atualizado: Quarta-feira, 18 Abril de 2012 as 8:15

Já classificado às oitavas de final da Taça Libertadores, o Vélez Sarsfield recebeu nesta terça-feira o Defensor-URU, no estádio José Amalfitani, em Buenos Aires. O time argentino poupou diversos titulares e acabou surpreendido pelo rival, que venceu pelo placar de 3 a 1. Olivera, Rodríguez e Britos marcaram os gols dos visitantes, com Insua descontando para os anfitriões.

Apesar da vitória, o Defensor está eliminado. O time uruguaio terminou sua participação na terceira posição do Grupo 7, com nove pontos. O Deportivo Quito, que também nesta terça goleou o Chivas Guadalajara por 5 a 0, na capital equatoriana, acabou em segundo, com dez pontos, dois a menos que o líder Vélez. O Chivas segurou a lanterna, com quatro pontos.

O resultado em Buenos Aires foi importante para o Fluminense, mas também para Corinthians e Santos. Os três estão na luta para ter a melhor campanha da fase de grupos (dá a vantagem de decidir sempre em casa no mata-mata) e, com a derrota do Vélez, o Tricolor agora só precisa de uma vitória simples sobre o Arsenal-ARG, nesta quarta, em Sarandi, para alcançar seu objetivo. Já o Timão tem de secar o time das Laranjeiras e bater em casa o já eliminado Táchira-VEN, enquanto o Peixe necessita passar pelo The Strongest-BOL (que ainda luta por classificação) na Vila e torcer contra os dois rivais brasileiros.

Não há mais uruguaios na Libertadores

O Vélez entrou em campo em ritmo lento e, ainda antes do intervalo, já perdia por 2 a 0. Primeiro, Britos furou uma bicicleta dentro da área e acabou por deixar Olivera na cara do gol. O jogador bateu firme e abriu o placar. Depois, após grande jogada de Britos pela direita, a bola sobrou para Rodríguez ampliar a vantagem.

No início do segundo tempo, Britos recebeu lançamento, penetrou na área e bateu na saída do goleiro para fazer o terceiro. Insua, de pênalti, ainda descontou para o Vélez, mas a reação parou por ali. Com a eliminação do Defensor, não há mais uruguaios na Libertadores.

Em Quito, o Deportivo não tomou conhecimento do Chivas e venceu por 5 a 0. O nome do jogo foi Alustiza, que marcou quatro gols e se isolou na artilharia da Libertadores, agora com sete gols. Fidel Martínez fechou a festa equatoriana.

veja também