MENU

Ministro diz que Lula na campanha em SP é fundamental, mas "não resolve"

Lula na campanha em SP é fundamental, mas "não resolve"

Atualizado: Terça-feira, 27 Março de 2012 as 11:50

Atual ministro da Secretaria-Geral da Presidência e ex-chefe de gabinete de Luiz Inácio Lula da Silva no Planalto, Gilberto Carvalho considera a entrada do ex-presidente para a campanha de Fernando Haddad (PT) à prefeitura de São Paulo "fundamental". Para ele, no entanto, o time político petista é muito maior que apenas a figura de Lula e a militância deverá ter peso nas urnas.

"Em qualquer campanha uma pessoa como ele vai nos ajudar muito, é evidente. Agora, não vamos também achar que é ele quem resolve tudo. A nossa militância vai ter um peso enorme, a militância não entrou na campanha ainda, quando ela entrar, vai dar diferença. São Paulo sempre tem, no mínimo, 30% de eleitores", ponderou Gilberto. Hoje, em vários cenários, a intenção de voto no candidato petista não passa dos 4%.

O ministro falou com Lula ontem pela manhã e ficou admirado com a qualidade da voz do ex-presidente que, segundo Gilberto, "está ótima". Lula deverá entrar "com calma" na campanha. Na avaliação do ministro, como um jogador importante em campo.

"(O Lula é) fundamental em qualquer eleição. O presidente que teve um mandato que ele teve, a popularidade que ele tem, é importante em qualquer situação. Eu acho errado a gente ficar achando que só o Lula é quem resolve as coisas. Nós somos um time onde há vários jogadores importantes e um deles é a nossa militância", disse.

Diagnosticado com um câncer na laringe, o ex-mandatário receberá nesta semana os últimos exames e pode receber alta do tratamento oncológico a que foi submetido.

veja também