MENU

PSBescolhe presidente da Assembleia do Ceará para disputa em Fortaleza

PSBescolhe presidente da Assembleia do Ceará para disputa em Fortaleza

Atualizado: Sexta-feira, 22 Junho de 2012 as 8:30

Daniel Aderaldo

Dez dias após recusar apoiar o pré-candidato do PT em Fortaleza, o PSB anunciou na noite desta quinta-feira (21) a candidatura do presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Roberto Cláudio. Com PMDB na vice, chapa tem apoio prometido de 11 partidos. A coligação será oficializada no sábado (23) e ainda pode crescer.

PSB decide não apoiar PT 

Presidente estadual do PSB, o governador do Ceará, Cid Gomes, comandou a reunião de pouco mais de duas horas no auditório de um hotel de Fortaleza. Segundo ele, coube às siglas aliadas (PEN, PHS, PMDB, PMN, PRB, PRP, PST, PSDC, PSL, PTB e PPC) votarem para escolher o nome. A lista de pré-candidatos tinha ainda o vereador Salmito Filho e o ex-secretário especial da Copa, Ferruccio Feitosa.

“Você tem diversos instrumentos para tornar uma decisão participativa e democrática”, afirmou Cid Gomes. O PSB acusa a prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT) de ter imposto a candidatura de Elmano Freitas e provocado o rompimento dos dois partidos na capital.

Composições

Agora, caberá ao senador Eunicio Oliveira (PMDB-CE) indicar o vice para compor a chapa. O nome mais cotado é o de seu sobrinho, deputado estadual de primeiro mandato, Danniel Oliveira. Os peemedebistas não decidiram se vão aderir à coligação com o PSB também para as eleições proporcionais.

Cid Gomes ainda trabalha para atrair o PP para a aliança. Se conseguir isso, o governador esvaziará a candidatura do senador Inácio Arruda (PCdoB) – cujo tempo de televisão na propaganda eleitoral gratuita é de aproximadamente 30 segundos. Essa articulação pode levar o PCdoB a desistir de ter candidato próprio e se juntar ao PSB.

O pré-candidato

Médico-sanitarista e deputado de segundo mandato, Roberto Cláudio, 36 anos, foi vice-líder do governo de Cid Gomes na legislatura passada, ainda pelo PHS. Após se reeleger em 2010 com mais de 68 mil votos pelo já PSB, chegou à presidência da Assembleia do Ceará.



veja também