MENU

131 cidades decretam emergência por causa da chuva, em MG

131 cidades decretam emergência por causa da chuva, em MG

Atualizado: Segunda-feira, 14 Março de 2011 as 2:51

Cento e trinta e uma cidades de Minas Gerais decretaram situação de emergência por causa da chuva desde outubro de 2010, quando começa a ser feita a contagem do período chuvoso. Ainda segundo o boletim, os municípios sofreram com enxurradas, inundações e enchentes. Ao todo, a Defesa Civil de Minas Gerais registrou 17 mortes em decorrência das chuvas. A primeira vítima, um homem de 36 anos, morreu no dia 23 de novembro de 2010, após ser arrastado pela enxurrada do Córrego do Onça, em Belo Horizonte. A morte mais recente foi registrada no dia 20 de janeiro de 2011. Um homem de 44 anos foi levado pelas águas do Rio Cipó, em Jaboticatubas, Região Central do estado.

Segundo o boletim divulgado pela Defesa Civil nesta segunda-feira (14), 1.486.342 pessoas foram afetadas pelas chuvas no estado e 137 delas ficaram feridas. Ainda de acordo com a Defesa Civil, dentre os afetados, 30.960 ficaram desalojadas e 3.763, desabrigadas. Desde outubro do ano passado, 327 casas e 229 pontes foram destruídas. Das 131 cidades, 48 tiveram o decreto de situação de emergência homologado ou reconhecido pelo governo do estado.

De acordo com a Defesa Civil, o decreto é homologado quando o relatório da prefeitura sobre a situação adversa é aprovado pelo estado, após análise das informações. Em seguida, o decreto é enviado para o Ministério da Integração Nacional e, se os dados forem aprovados, o documento é reconhecido.

A situação de 20 cidades que decretaram emergência por causa da chuva é analisada pela Defesa Civil, segundo informações do boletim da Defesa Civil divulgado nesta segunda-feira (14). Desde outubro de 2010, o órgão arquivou 48 decretos, o que significa que as informações prestadas no relatório não configuravam a gravidade exigida para considerar a situação como emergência.      

veja também