MENU

55 vereadores tomam posse na câmara de São Paulo

55 vereadores tomam posse na câmara de São Paulo

Atualizado: Segunda-feira, 5 Janeiro de 2009 as 12

55 vereadores tomam posse na câmara de São Paulo

Após proferir o juramento "Assim o prometo", os 55 vereadores da Câmara Municipal de São Paulo, eleitos em 5 de outubro de 2008, tomaram posse, no dia primeiro de janeiro, em sessão solene realizada no Plenário 1° de Maio, do Palácio Anchieta. A cerimônia, iniciada às 15h30, é a primeira da 15ª Legislatura, que irá de 2009 a 2012.

Já o prefeito Gilberto Kassab (DEM) e sua vice, Alda Marco Antônio (PMDB), foram empossado em seguida. O prefeito assinou o termo de posse às 15h55.

Em seu discurso, Kassab anunciou a manutenção do vereador José Police Neto (PSDB) como líder do governo na Câmara Municipal. O prefeito agradeceu pelo relacionamento de sua administração com os vereadores durante o mandato anterior.

"Quero agradecer ao líder do PT nesta legislatura, que fez oposição a este governo com espírito público. Queria cumprimentar o vereador João Antonio (PT) e o vereador Arselino Tatto (PT) e lembrar  do reconhecimento e gratidão do governador José Serra, que foi prefeito no início do mandato, afirmando que tivemos o melhor relacionamento possível com esta casa nestes quatro anos de governo", afirmou Kassab.

O primeiro suplente Quito Formiga (PR) assumiu o cargo no lugar vereador eleito Marco Cintra ( PR), nomeado secretário municipal do Trabalho

O protocolo da cerimônia foi quebrado pelo vereador Jamil Murad (PCdoB). Com um hata (lenço palestino) envolto no pescoço, o parlamentar aproveitou a sessão solene para pedir o fim dos ataques de Israel contra a Faixa de Gaza.

Murad, de descendência síria, abriu um cartaz com os dizeres "Israel: pare o massacre contra os palestinos". Pediu o apoio do prefeito, de sua vice e do arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Scherer, para que colaborem com o movimento que pede paz no Oriente Médio.

"Não podemos apostar na guerra para resolver os conflitos. A situação na região é crítica e acompanhamos com muita preocupação o que acontece por lá", disse em entrevista antes de ser empossado.

O vereador informou que comprou o lenço após um encontro que teve com Arafat, ex-líder da Organização pela Libertação da Palestina (OLP), na Palestina, em 2004.

Os empossados

Dos vereadores empossados, 39 foram reeleitos, 13 foram eleitos pela primeira vez e três retornaram à Câmara.

Os reeleitos são :

Atílio Francisco (PRB), Senival Moura (PT), Arselino Tatto (PT), Donato (PT), Francisco Chagas (PT), João Antônio (PT), José Américo (PT), Zelão (PT), Chico Macena (PT), Eliseu Gabriel (PSB), Noemi Nonato (PSB), Aurélio Miguel (PR), Antonio Carlos Rodrigues (PR), Toninho Paiva (PR), Agnaldo Timóteo (PR), Goulart (PMDB), Jooji Hato (PMDB), Milton Leite (DEM), Marta Costa (DEM), Domingos Dissei (DEM), Kamia (DEM), Carlos Apolinário (DEM), Mara Gabrilli (PSDB), José Police Neto (PSDB), Carlos Alberto Bezerra Júnior (PSDB), Adolfo Quintas (PSDB), Claudinho de Souza (PSDB), Juscelino (PSDB), Gílson Barreto (PSDB) Ricardo Teixeira (PSDB), Dalton Silvano (PSDB),Gilberto Natalini (PSDB), Tripoli (PV), Abou Anni (PV), Celso Jatene (PTB), Adílson Amadeu (PTB), Paulo Frange (PTB), Wadih Mutran (PP) e Cláudio Prado ( PDT).

Tomaram posse do primeiro mandato:

Alfredinho (PT), Dr. Milton Ferreira ( PPS), Floriano Pesaro (PSDB), Netinho de Paula (PC do B), Jamil Murad (PC do B), Marcos Cintra (PR), Penna (PV), Marcelo Aguiar (PSC), Sandra Tadeu (DEM), Gabriel Chalita (PSDB), Souza Santos(PSDB), Marco Aurélio Cunha (DEM) e Juliana Cardoso ( PT)

Retornaram à Câmara:

Ítalo Cardoso(PT), Missionário José Olímpio ( PP) e Cláudio Fonseca (PPS)

veja também