MENU

77 deputados tomam posse na Assembleia Legislativa de Minas

77 deputados tomam posse na Assembleia Legislativa de Minas

Atualizado: Quarta-feira, 2 Fevereiro de 2011 as 8:57

Setenta e sete deputados estaduais eleitos tomaram posse nesta terça-feira (1º), na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), no bairro Santo Agostinho, Região Centro-Sul de Belo Horizonte. Desse número, há apenas quatro mulheres.

Uma delas, Maria Tereza Lara (PT), disse que, mesmo sendo minoria na ALMG, elas vão ocupar o espaço de direito. "Temos que mostrar que somos eficientes e vamos representá-las da melhor forma possível", comentou.

Ainda segundo a deputada, o preconceito e o histórico de anos atrás fazem com que as mulheres tenham poucas representantes no plenário. "A tripla jornada e a falta de organização dos partidos também contribuem para que a mulheres estejam em menor quantidade", justificou.

O governador em exercício, Alberto Pinto Coelho, antes da posse, comentou sobre o bloco da oposição criado pelos partidos PT, PMDB, PRB, e PC do B. "O importante é trabalharmos de forma consensual nas ideias e nos propósitos, em convergência com os interesses do estado", falou.

O deputado Antônio Júlio (PMDB), um dos que fazem parte da oposição ao governo, disse que os trabalhos no decorrer do mandato vão transcorrer com tranquilidade. "Não existe democracia sem oposição. Vamos trabalhar em prol do estado", disse.

A cerimônia de posse dos 77 deputados foi presidida por Hely Tarqüínio (PV), o mais idoso da ALMG. Dos parlamentares empossados, 49 foram reeleitos – o que correspondem a 75,38%.

A cerimônia contou com a presença de autoridades como o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda; o procurador geral do Estado, Alceu José Torres Marques; e o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador Cláudio Renato dos Santos Costa.

Presidência

O deputado estadual Dinis Pinheiro (PSDB) foi eleito o presidente da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Ele precisava de 39 dos 77 votos para assumir a presidência, e recebeu 75. Dois foram em branco. O resultado foi divulgado às 18h55, pelo presidente da cerimônia, deputado Hely Tarqüínio.

"O diálogo é imprescindível, de forma respeitosa, independentemente do partido. Precisamos trabalhar para o povo e fazer uma Minas mais justa e igualitária", defendeu Pinheiro. Com relação ao cargo de presidente da ALMG, ele disse que "será um desafio, mas que vai empenhar garra e disposição para exercê-lo".

O 1º vice-presidente é o deputado José Henrique (PMDB); o 2º vice-presidente, Inácio Franco (PV); e o 3º, Paulo Guedes (PT).

O 1º secretário é Dilzon Melo (PTB); o 2º secretário, Alencar da Silveira Júnior (PDT); e o 3º, Jayro Lessa (DEM).

Por: Alex Araújo

veja também