MENU

''É a primeira vez que voto errado'', afirma deputado

''É a primeira vez que voto errado'', afirma deputado

Atualizado: Quarta-feira, 5 Maio de 2010 as 4:05

Único deputado a votar contra o projeto Ficha Limpa, que proíbe a candidatura de políticos condenados pela Justiça, o deputado Marcelo Melo (PMDB-GO) disse nesta quarta-feira (5) que se equivocou e que votou por engano contra a lei devido ao cansaço. O projeto base foi aprovado na noite desta terça (4) por 388 parlamentares, com apenas um voto contrário - o do peemedebista.

Em nota, o deputado afirmou que houve um ''erro de votação'' e que sempre defendeu o projeto. Segundo Melo, ele não tenha nenhuma condenação na Justiça que possa inviabilizar sua candidatura.

''É a primeira vez que 'voto errado' em três anos de mandato e lamento muito que esse erro tenha acontecido logo nessa votação de tanta importância para a política brasileira. Devido ao cansaço, acabei me equivocando''.

O parlamentar disse ainda que já entrou com as ''medidas cabíveis'' na Câmara para tentar retificar seu voto. O deputado argumentou ainda que, ontem mesmo, ele havia se posicionado contra o adiamento da votação, como proposto pelo PMDB.

''Sendo, portanto, contraditória e incabível essa minha votação contra o projeto, fato que somente se justifica como um erro''.

Apesar de o projeto ter passado pelo Plenário, não significa que ele entrará em vigor. Hoje, os deputados vão analisar emendas que podem mudar completamente o conteúdo do Ficha Limpa.

veja também