MENU

'A situação está horrível', diz pai de advogada baleada em Salvador

'A situação está horrível', diz pai de advogada baleada em Salvador

Atualizado: Terça-feira, 26 Julho de 2011 as 8:18

                                    “Quatro horas da tarde. Em plena luz do dia, com uma multidão passando pelo local. Ela estava totalmente exposta. Não é porque é minha filha, se fosse com qualquer outra pessoa. A situação está horrível”, desabafa Adalardo Araújo sobre a violência em Salvador. Ele é pai da advogada de 27 anos, que foi baleada no pescoço durante assalto na Avenida Garibaldi, uma das principais vias de Salvador, no fim da tarde de segunda-feira (25).

A vítima está internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Geral do Estado (HGE). Na noite de segunda, ela fez uma tomografia para confirmar onde a bala ficou alojada. Os médicos aguardam o resultado dos exames para avaliar as partes do cérebro que foram atingidas e só então vai definir se há necessidade de cirurgia.     Carro de advogada baleada na Avenida Garibaldi

(Foto: Reprodução/TV Bahia)     A vítima está internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Geral do Estado (HGE). Na noite de segunda, ela fez uma tomografia para confirmar onde a bala ficou alojada. Os médicos aguardam o resultado dos exames para avaliar as partes do cérebro que foram atingidas e só então vai definir se há necessidade de cirurgia.

A advogada chegou ao hospital consciente e contou para os familiares como aconteceu a tentativa de assalto. “Ela parou o carro na sinaleira, os indivíduos chegaram armados e, quando ela viu que eles estavam armados, ela desligou o carro automaticamente, o carro morreu em função do nervosismo dela. Eles pensaram que ela ia ligar o carro de novo e sair e atiraram”, conta o pai.            

veja também