MENU

Abrabar quer regulamentação dos sites de vendas coletiva

Abrabar quer regulamentação dos sites de vendas coletiva

Atualizado: Domingo, 24 Abril de 2011 as 9:28

A Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas (Abrabar) iniciou uma campanha pela regulamentação do segmento de compras coletivas no Brasil, começando pelo Estado do Paraná. O objetivo é trazer transparência para o setor, recém-criado no País.

A atividade consiste em ofertas que são anunciadas nos sites, mas o desconto só é válido mediante um número pré-estabelecido de vendas. Não existe nenhuma norma reguladora e certificado de controle em vigor. A modalidade teve origem em 2008 nos Estados Unidos e passou a ser implementada no Brasil em novembro de 2010.

A Abrabar entrou em contato a Comissão de Indústria, Comércio e Turismo da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), para que o assunto seja discutido em reunião da comissão marcada para o dia 27/04, às 10h. A Câmara dos deputados também recebeu a proposta da Abrabar para que o tema seja colocado na pauta de uma audiência pública da Comissão de Defesa do Consumidor e na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio.

"È fundamental que as normas de atuação entre os sites de compra coletiva, estabelecimentos e consumidores sejam transparentes. Principalmente para que o público seja informado das condições e detalhes dos produtos e serviços oferecidos, regras de uso, a entrega, as características...” afirmou o presidente da Associação, Fábio Aguayo. Para ele, seria um grande passo se as informações estiverem disponíveis para que o consumidor saiba fazer a melhor escolha.

veja também