MENU

Abrigos de municípios catarinenses afetados pela enchente têm carência de todo tipo de material

Abrigos de municípios catarinenses afetados pela enchente têm carência de todo tipo de material

Atualizado: Segunda-feira, 1 Dezembro de 2008 as 12

Abrigos de municípios catarinenses afetados pela enchente têm carência de todo tipo de material

A situação dos municípios de Santa Catarina atingidos pelos temporais é crítica. Além do grande número de desabrigados e desalojados, as cidades ainda enfrentam a falta de abastecimento de água e luz.

De acordo com o boletim da Defesa Civil do estado, divulgado hoje (25), a cidade de Blumenau é a que registra o maior número de óbitos. Segundo o secretário de Assistência Social da cidade, Mário Hildebrandt, existem mais de 3.200 desabrigados em abrigos oficiais, que estão recebendo alimentos e água potável.

"A prefeitura está comprando várias carretas de alimentos para abastecer os abrigos. Nós estamos trabalhando para equipar os espaços e centros de apoio aos desabrigados para amenizar o problema", afirmou Hildebrandt.

No município de Gaspar, o acesso ao centro da cidade foi interrompido. De acordo a Defesa Civil, foram registradas 15 mortes, a maioria por deslizamentos de terra. Os desabrigados estão sendo encaminhados à escolas e igrejas, onde estão recebendo doações de roupas, comida e colchões.

Segundo o servidor da Secretaria de Obras de Gaspar, Marcelo Brick, a falta de água potável é um dos principais problemas. "Para abastecer os abrigos, nós contamos com o caminhão pipa que vem da cidade vizinha de Brusque".

De acordo com o prefeito de Jaraguá do Sul, Moacir Bertoldi, a situação do município também é delicada. Na cidade, mais de quatro mil moradias foram atingidas. O prefeito disse que a situação estava ainda mais crítica no final de semana, mas está começando a ser normalizada. "70% do abastecimento de água e luz estão normais. Os outros 30 % já estão sendo regularizados", afirmou.

Os município atingidos estão em busca de doações. De acordo com Hildebrandt, eles têm carência de colchões, cobertores, materiais de limpeza e higiene pessoal.

veja também