MENU

Achado corpo de enfermeira soterrada em desabamento no ABC

Achado corpo de enfermeira soterrada em desabamento no ABC

Atualizado: Quarta-feira, 8 Fevereiro de 2012 as 9:23

Vinte e quatro horas depois do desabamento no edifício Senador, em São Bernardo do Campo, as equipes do Corpo de Bombeiros encontraram entre os escombros o corpo da enfermeira Patrícia Alves de Lima, 26 anos. Ela trabalhava em uma clínica do sexto andar do prédio que desabou parcialmente por volta das 19h30 de segunda-feira.

Segundo os bombeiros, ainda havia esperança de encontrar Patrícia com vida pois o desabamento poderia ter formado bolsões de ar entre os escombros. Ao receber a notícia, familiares da jovem, que acompanharam ao longo do dia o trabalho dos bombeiros, entraram em desespero.

O tenente Marcos Palumbo, porta-voz do Corpo de Bombeiros, afirmou que os trabalhos de remoção de entulho estavam "na reta final" e, até as 20h15, a corporação havia retirado cerca de 80% das 300 t de escombros. Ele acrescentou que embora não tenha havido nenhuma outra notificação de desaparecimento, eles continuariam trabalhando até se certificar de que não há outras vítimas soterradas.

O desabamento 

Por volta das 19h40 do dia 6 de fevereiro de 2012, o Corpo de Bombeiros recebeu um chamado relatando um desabamento em um edifício de 14 andares na avenida Índico, no centro de São Bernardo do Campo, no ABC paulista. No total, 13 lajes desabaram umas sobre as outras. O desabamento deixou ao menos uma criança morta, seis feridos e uma enfermeira desaparecida.

Depois do incidente, o prefeito do município, Luiz Marinho (PT), afirmou que a documentação do edifício estava em situação regular. A menina de 3 anos morta no desabamento chegou a ser socorrida com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Pronto Socorro Central da cidade.

veja também