MENU

Acidente deixa um morto em Noronha

Acidente deixa um morto em Noronha

Atualizado: Segunda-feira, 3 Janeiro de 2011 as 8:35

Um acidente de trânsito no arquipélago de Fernando de Noronha, a 540 quilômetros do Recife, resultou na morte de um funcionário da empresa Trip Linhas Aéreas e deixou outro gravemente ferido no início da manhã de ontem. Era por volta das 7h40, horário local (6h40 na Capital), quando Daniel Xavier da Silva, 22, e Alexandre Lucas da Silva Soares, 29, saíram do aeroporto da ilha e seguiam para a casa deles, no bairro de Floresta Velha. No meio do trajeto, na subida de uma ladeira da BR-363, Daniel, que dirigia o buggy vermelho, de placa HVN-8112, foi desviar de uma lombada, perdeu o controle do veículo e chocou a traseira do carro contra um poste.

O condutor foi arremessado por sobre o parabrisa, enquanto que Alexandre, que vinha no carona, bateu a nuca na proteção da capota e no poste. Eles foram socorridos para o Hospital Estadual São Lucas. Alexandre não resistiu aos ferimentos e faleceu. Daniel foi transferido para o Hospital da Restauração (HR), no Recife, chegando à Capital pernambucana no final da tarde de ontem. Ele estava consciente e orientado, segundo a equipe médica.

Segundo informações da polícia, Daniel e Alexandre haviam encerrado o expediente e retornavam para suas casas. Eles foram acionados para realizar o check-in dos passageiros do voo que saiu da ilha para o Recife, na manhã de ontem. “A BR estava molhada, o que pode ter contribuído para o acidente. Eles voltavam do aeroporto no buggy, perderam o controle e bateram. A traseira do veículo ficou parcialmente destruída com o impacto”, relatou o soldado da Cipoma, Mário Pacheco.

O local do acidente fica cerca de três quilômetros das residências das vítimas. O buggy pertence a Assembleia de Deus da qual Daniel e Alexandre fazem parte. No hospital, a esposa de Alexandre estava muito abalada com a morte e precisou ser internada.

De acordo com o delegado Emanuel Serapião, o buggy estava em alta velocidade, o que pode ter ocasionado o acidente. “Duas testemunhas relataram que o veículo estava correndo. Queremos saber o acidente ocorreu por imprudência, imperícia ou falha mecânica”, explicou. O policial solicitou uma equipe do IC para realizar perícia no carro, que está apreendido. O corpo de Alexandre chegou no Recife, ontem, às 16h, para ser enterrado na Capital.

 

veja também