MENU

Acusado de matar adolescentes em Cunha é denunciado pelo MP

Acusado de matar adolescentes em Cunha é denunciado pelo MP

Atualizado: Sexta-feira, 10 Junho de 2011 as 3:26

Ananias foi denunciado pelo crime (Foto: Caroline

Hasselmann/G1)

  A Justiça de São Paulo recebeu nesta quinta-feira (9) a denúncia oferecida pelo Ministério Público contra Ananias dos Santos, de 28 anos, acusado de matar duas adolescentes em Cunha, no Vale do Paraíba, interior de São Paulo. Juliana Vânia de Oliveira e Josely Laurentina de Oliveira, de 15 e 16 anos, respectivamente, foram assassinadas no dia 23 de março. Os corpos delas foram encontrados em um matagal perto da casa onde moravam com os pais.

De acordo com a denúncia oferecida pelo promotor de Justiça Gabriel Tadeu Kfouri Neto, Santos matou Juliana porque sentia atração pela jovem, o que despertava ciúme em sua namorada. O MP diz que ele matou a menina por não ser correspondido e para pôr fim ao ciúme da companheira.     Santos abordou as meninas quando elas desciam do ônibus escolar, próximo de onde residiam, na zona rural, e apontou a arma. Em seguida, obrigou as adolescentes a irem até o matagal onde foram encontradas mortas. Juliana foi morta com cinco tiros. Josely, que acompanhava a irmã, foi morta para que não houvesse testemunha do crime, diz o MP.

O acusado foi denunciado por dois homicídios duplamente qualificados, com emprego de meio que dificultou a defesa da vítima, nos dois casos, e por motivo fútil, em relação à Juliana e para garantir a impunidade de outro crime, no caso de Josely.

A pedido do Ministério Público, a Justiça também decretou a prisão preventiva de Santos, que está detido desde o dia 11 de abril. Ele foi encontrado na residência da irmã dele, no bairro de Jacuí. A polícia investiga a participação de outras pessoas no crime.        

veja também