MENU

Acusado de tentar matar jovem a pauladas é julgado em Campo Grande

Acusado de tentar matar jovem a pauladas é julgado em Campo Grande

Atualizado: Quarta-feira, 17 Agosto de 2011 as 11:34

Um religioso de 35 anos, acusado de tentar matar um jovem a pauladas, vai à júri popular na manhã desta quarta-feira (17), em Campo Grande. O crime aconteceu no ano passado e, segundo Ministério Público Estadual, teria sido motivado porque a vítima é homossexual, o que é inaceitável para o réu, por conta da crença religiosa.

O crime aconteceu no dia 15 de agosto de 2010, por volta das 13 horas, em um posto de combustíveis do Jardim Campo Alto, região norte da cidade. Segundo consta no processo, o acusado teria dado vários golpes na vítima com um pedaço de madeira. Laudos periciais apontaram que o jovem, que na época tinha 19 anos, teve ferimentos leves e foi socorrido e atendido no hospital Santa Casa. o acusado foi preso em flagrante.

A promotoria de justiça alega que o acusado cometeu o crime porque a vítima teria feito gestos obcenos para ele, o que caracteriza a qualificadora de “motivo fútil” para o crime. A acusação afirma ainda que o crime foi motivado pelo fato de o réu não aceitar, em virtude de sua crença religiosa, o fato de a vítima ser homossexual.

Ainda segundo a promotoria, outra qualificadora apontada na tentativa de homicídio é a impossibilidade de defesa da vítima, já que o acusado teria abordado o jovem de forma repentina e iniciado as agressões subitamente.

O acusado está preso desde o dia do crime. Segundo o processo, ele foi ouvido por duas vezes por autoridades policiais e pela justiça e teria confessado a agressão e a intenção de matar a vítima.

Julgamento

O réu será julgado pelo conselho de sentença da 1ª Vara do Tribunal do Júri. Em entrevista ao G1 nesta manhã, o juiz que julgará o caso, Aluizio Pereira dos Santos, informou que tentativa de homicídio é um delito passível de ir à júri popular porque é considerado crime contra a vida.          

veja também