MENU

Adasa começa fiscalização para lacrar poços artesianos no Distrito Federal

Adasa começa fiscalização para lacrar poços artesianos no Distrito Federal

Atualizado: Segunda-feira, 30 Maio de 2011 as 11:39

Termina nesta segunda-feira (30) o prazo para os moradores de Vicente Pires, que foram notificados pela Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico (Adasa), lacrar os poços artesianos que ainda estão em funcionamento. Todos os poços, cacimbas e cisternas devem ser tamponados.

De acordo com o coordenador de fiscalização da Adasa, Roger Souza, esta é uma das etapas para a regularização de Vicente Pires. “Ao todo, a Adasa visitou 541 moradores, mas 99 usuários foram notificados para efetuar o tamponamento. Esse é um trabalho que prevê, até março do próximo ano, a regularização definitiva de Vicente Pires, conforme estabelecido pelo TAC [Termo de Ajustamento de Conduta] assinado entre o IBAMA, Ministério Público e GDF”, ressalta.

Apenas os donos de chácaras que não foram parceladas e são usadas na produção agrícola do Distrito Federal estão autorizados a continuar utilizando os poços artesianos para o abastecimento de água.

Quem descumprir a medida será punido com multa que varia de R$ 400 a R$ 1.500.          

veja também