MENU

Adolescente com deficiência mental é estuprada pelo ex-padrasto em Cuiabá

Adolescente com deficiência mental é estuprada pelo ex-padrasto em Cuiabá

Atualizado: Sexta-feira, 27 Maio de 2011 as 3:40

O ex-padrasto, de 31 anos, de uma adolescente de 16 anos, que possui deficiência mental, foi preso na noite desta quinta-feira (26), no bairro Santa Amália, em Cuiabá, por suspeita de estupro. À polícia, a menina confessou que vem sofrendo abuso sexual há vários anos.

O suspeito foi até a Escola Estadual Marcelina de Campos, na capital, onde a vítima estuda, e disse ao guarda da unidade que iria levá-la para casa. Mas, ao contrário disso, pediu que o acompanhasse a um matagal ao lado da escola.

  No local, ele mandou, conforme declarações da estudante, que ela se despisse. A garota, porém, disse ter se recusado e então o ex-padrasto a teria violentado sexualmente. Em seguida, a ameaçou de morte caso ela contasse sobre o ocorrido.

A denúncia foi feita à Polícia Militar do 10º Batalhão pela mãe da garota, que está separada do criminoso. Inicialmente, ele foi encaminhado ao Centro de Segurança e Cidadania (Cisc), do bairro Planalto, na capital, mas, de acordo com a Polícia Civil, o ex-padrasto já está preso no Centro de Ressocialização de Cuiabá, o antigo presídio do Carumbé.          

veja também