MENU

Adolescente é esfaqueada após reagir a tentativa de estupro em MS

Adolescente é esfaqueada após reagir a tentativa de estupro em MS

Atualizado: Quinta-feira, 23 Junho de 2011 as 3:53

 Peritos coletaram amostras de sangue em quarto

da vítima (Foto: Fernando da Mata/ G1 MS)

  Uma adolescente de 17 anos foi esfaqueada após reagir a uma tentativa de estupro no início da manhã desta quinta-feira (23), no bairro Aero Rancho, região sul de Campo Grande. Conforme a polícia, a vítima foi ferida no pescoço dentro da própria casa e o suspeito, um ajudante de pedreiro de 24 anos, foi preso pela Polícia Militar (PM) horas depois do crime.

A jovem mora apenas com o filho, um bebê de um ano e dois meses. A mãe da vítima, de 44 anos, conta que a filha estava doente e havia levantado cedo quando o suspeito, que é ex-marido de uma amiga, chegou na frente da casa e chamou por ela.

"Ele pediu para ficar com ela, ela não quis e ele a agrediu". Segundo a mãe, a adolescente sofreu um corte superficial no pescoço e foi levada para o Hospital Regional, de onde deve ser liberada em breve.

A faca usada no crime não foi encontrada. O delegado João Reis Belo, da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da Piratininga, disse que o rapaz nega a tentativa de estupro.

"Mas o depoimento da vítima é bem contundente, a gente vê que ela ainda está apavorada com o que aconteceu e têm testemunhas que presenciaram o estado emocional da vítima logo em seguida, o que nos leva a acreditar na versão apresentada por ela", explica o delegado.

Perícia e Polícia Civil estiveram no local para

investigar crime (Foto: Fernando da Mata/ G1 MS)

  Belo informou ainda que o suspeito, que possui várias passagens pela polícia, deve ser indiciado por tentativa de estupro e tráfico de drogas, já que foi flagrado com 24 papelotes de cocaína. O rapaz será transferido da Depac da Piratininga para a carceragem da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf).

No fim da manhã desta quinta-feira, a Perícia Técnica e a Polícia Civil foram até a casa da adolescente para fazer os levantamentos. Amostras do sangue encontrado no quarto da vítima foram coletadas, além de uma jaqueta que também estava ensanguentada. Segundo a perícia, o material será enviado para laboratório e o resultado deve sair até quarta-feira (29).          

veja também