MENU

Adolescente pilotava jet ski que atropelou e matou empresário em SP

Adolescente pilotava jet ski que atropelou e matou empresário em SP

Atualizado: Terça-feira, 22 Novembro de 2011 as 8:41

Um adolescente de 16 anos pilotava o jet ski que bateu em outro equipamento do tipo causando a morte de um homem de 28 anos em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, no domingo (20). A dona do veículo, em depoimento informal à polícia, disse que um amigo de seu filho, menor de idade, pilotava o jet ski no momento do acidente. A vítima, o empresário Pietro Mazzeo, estava em outro jet ski. Os dois bateram e o homem foi atropelado.

De acordo com o delegado Adilson Massei, do 8º Distrito Policial, a dona do veículo, o suspeito de causar o acidente e a garota que estava na garupa prestarão depoimento nesta terça-feira (22). “Ela disse que tem todos os documentos e que comprou o jet ski para o filho, que é maior. Ela disse ainda que o garoto, que é amigo de um dos filhos dela, pegou o jet ski que estava na margem, sem autorização”, comentou Massei. O garoto que dirigia o veículo fugiu após o acidente. Nesta segunda-feira (21), três testemunhas foram ouvidas. “Ouvi o dono do jet ski em que estava a vítima, um amigo da vítima e uma pessoa que estava no local. Todos fizeram o mesmo relato sobre o acidente, ou seja, de que o Pietro Mazzeo teria sido atropelado perto da margem, quando se preparava para subir no jet ski”, declarou o delegado, que não divulgou nomes.

Os dois veículos que se envolveram no acidente já foram periciados e as informações serão anexadas ao processo. Segundo Massei, o jet ski em que estava a vítima não tinha documentação e ele não tinha habilitação. O menor, por lei, não tem a habilitação necessária para dirigir o veículo, já que é preciso ter mais de 18 anos.      

veja também